domingo, 28 de setembro de 2014

Strangefolk - Lore

Cover
Banda: Strangefolk
Disco: Lore
Ano: 1997
Gênero: Alternative Rock, Folk Rock, Jam Bands
Faixas:
1. Sometimes (5:17)
2. ...As (2:48)
3. Lines And Circles (6:13)
4. Shift My Step (4:46)
5. Alaska (5:38)
6. Speculator (4:13)
7. Far From Yourself (4:45)
8. Rather Go Fishin' (3:48)
9. Woman Child (4:23)
10. Poland (4:53)
11. So Well (10:19)
Não se conseguiu descobrir a autoria das músicas.
Créditos:
Reid Genauer: Rhythm Guitar, Vocals
Jon Trafton: Lead Guitar, Vocals
Erik Glockler: Bass Guitar, Vocals
Luke Smith: Drums
Músicos adicionais:
Glenn Andersen: Djembe, Shakere, Talking Drum
Phil Abair: Hammond Organ
Dan Archer: Guitar
 Melofilia

Biografia:
Originalmente um duo formado por Reid Genayer (vocais e guitarra) e Jon Trafton (guitarra), ambos estudantes da Universidade de Vermont, em Burlington, Vermont, EUA, a Strangefolk passou o primeiro ano apresentando-se em bares e cafeterias do campus universitário. Acompanhados, no começo, apenas das suas guitarras acústicas e pedais de distorção, Genauer e Trafton finalmente receberam o reforço de Erick Glockler no baixo e Luke Smith na bateria, completando o quarteto.

2

Construindo um estilo próprio que mescla bluegrass, folk, rock e blues, a Strangefolk lançou seu primeiro disco, homônimo, em 1994, seguido por "Lore", em 1995. Após cumprir uma recheada agenda de turnês pelos Estados Unidos, divulgando seus dois álbuns, o grupo assinou com a Flat Earth Records, que lançou "Weightless In Water", em 1998 (Mike DaRonco, AllMusic; tradução livre do inglês).

Drivin' N' Cryin' - Mistery Road

Cover
Banda: Drivin' N' Cryin'
Disco: Mistery Road
Ano: 1989
Gênero: Roots Rock, Southern Rock, Hard Rock
Faixas:
1. Ain't It Strange (Kinney) 3:54
2. Toy Never Played With (Kinney, Nielson) 3:39
3. Honeysuckle Blue (Kinney) 4:50
4. With The People (Kinney) 3:37
5. Wild Dog Moon (Kinney, Nielson) 5:23
6. House For Sale (Kinney, Nielson) 3:16
7. Peacemaker (Kinney) 3:14
8. You Don't Know Me (Kinney, Nielson) 3:34
9. Malfunction Junction (Kinney, Nielson) 3:39
10. Straight To Hell (Kinney) 5:36
11. Syllables (Kinney) 1:24
Créditos:
Kevn Kinney: Lead Vocals, Electric & Acoustic Guitars
Tim Nielsen: Bass, Vocals, Percussion
Jeff Sullivan: Drums, Percussion, Vocals
Buren Fowler: Guitars, Dobro
Músicos adicionais:
Michelle Malone: Vocals
Scott MacPherson: Acoustic & 12-String Guitar
Edd Miller: Banjo
Gary Nielsen: Hammond B-3
Mikel Kinney: Mountain Fiddle
Peter Buck: Electric Dulcimer
Randy DeLay: Drums
http://freetexthost.com/ne2fw4iinb

Biografia:

6

A biografia da banda já foi postada aqui, juntamente com o disco "Scarred But Smarter", de 1986.

Vallejo - Into The New

Cover
Banda: Vallejo
Disco: Into The New
Ano: 2000
Gênero: Hard Rock, Alternative Pop, Alternative Rock
Faixas:
1. Into The New (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo, Bruce Castleberry) 4:25
2. Over You (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 3:11
3. Someway (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 3:58
4. I Go On (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 3:47
5. La Familia (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 3:36
6. Modern Day Slave (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo, Dom Robinson, Bruce Castleberry) 4:26
7. The Beginning (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 3:51
8. Classico (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 3:21
9. Back In The Day (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 3:24
10. Dia De Muerto (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 4:34
11. El Matador (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 4:13
12. Let It Slide (A. J. Vallejo, Alexandro Vallejo, Omar Vallejo) 6:52
Créditos:
A. J. Vallejo: Vocals, Lead Guitar, Rhythm Guitar
Alejandro Vallejo: Drums, Percussion
Omar Vallejo: Bass, Backup Vocals, Trumpet
Bruce Castleberry: Rhythm Guitar
Diego Simmons: Congas, Timbales, Percussion
Heath Clark: Rhythm Guitar
Músicos adicionais:
MC Overlord: Rap ("Modern Day Slave")
Michael Duffy: Additional Percussion ("Over You", "El Matador", "La Familia")
DJ Cassanova: Turntable ("Over You")
https://mega.nz/#!rMUX3bYB!LtVgUmbIYzInITEo3vzh9sUbDTIXEebX2f1ZQpX5PhY

Biografia:

10
A biografia da banda já foi postada aqui, juntamente com o disco "Vallejo", de 1997.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Sandy Dillon - Living In Dreams (Whit Ray Majors And David Coulter)

Cover
Músico: Sandy Dillon
Disco: Living In Dreams (Whit Ray Majors And David Coulter)
Ano: 2008
Gênero: Blues, Alternative Blues, Experimental Rock
Faixas:
1. Can't Afford To Lose My Man (Ernest Lawler, Lizzi Douglas) 3:31
2. Goin' Down Hades (Sandy Dillon) 3:10
3. Graves (Sandy Dillon) 5:51
4. Bad Luck Blues (Ray Majors, Blind Lemon Jefferson) 7:35
5. High Flying Bird (Billy Ed Wheeler) 3:25
6. Lilly's Hurt Me Blues (Sandy Dillon, Ray Majors) 5:34
7. Chocolate Shake (Duke Ellington) 2:39
8. Saliva Gland (Sandy Dillon) 4:44
9. Sporting Life Blues (Sandy Dillon) 2:28
10. Living In Dreams (Sandy Dillon) 7:11
Créditos:
Sandy Dillon: Vocals, Fender Rhodes 73, Harmonium, Hammond, Vocals Scats, Rants
Ray Majors: Slide Dobro, 9 String Cittern, Harmonica, Loops
David Coulter: Violin, Musical Saw, Jews Harps, Nose Flute, Clackamore, Circus Drums, Vocal Percussion
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Biografia:
Combinando as baladas espontâneas de Hank Williams, as visões vanguardistas de Igor Stravinsky e Captain Beefheart e a sonoridade energética de Patti Smith, Sandy Dillon criou algumas das músicas mais inovadoras dos anos 90. Além de trabalhar com muitos conjuntos progressistas, como Ensemble Modern e Man Parrish, Dillon gravou cinco discos - "Dancin On The Freeway", "Skating", "Electric Chair", "East Overshoe" e "Nobody's Sweetheart" - no seu estilo autodenominado "jazz-punk western blues".

1
Criada em Cape Cod, Massachusetts, EUA, Dillon começou a tocar piano aos seis anos. Após estudar música clássica no Berklee College Of Music, ela se mudou para Nova York com o propósito de iniciar carreira na música. Vivendo no mal-afamado Chelsea Hotel, ela se sustentava tocando jazz ao piano em bares gays e restaurantes noturnos, e chegou a interpretar Janis Joplin num musical da Broadway baseado na vida da saudosa cantora.

4
Contratada pela Elektra no início dos anos 90, a música de Dillon encontrou resistência por parte da gravadora. Seus dois primeiros discos permaneceram inéditos, embora produzidos por Mick Ronson. Apesar disso, o terceiro álbum, "Dancing On The Freeway", acabou liberado em 1995, marcando a estréia da cantora no mercado fonográfico, mas seu contrato com a Elektra findou logo após o lançamento do disco.

6
Dillon continuou a gravar em casa, com Steve Bywaters, seu marido e colaborador. "Skating", o segundo disco, surgiu pelo selo independente Bonjour, em 1996, seguindo-se "Electric Chair" (descrito por Sandy como "um álbum de músicas ardentes onde a mulher não se queima"), em julho de 1999, e "East Overshoe", em 2001. Quando Bywaters morreu de súbito ataque cardíaco, logo após o término da gravação de "East Overshoe", Dillon viu-se sozinha pela primeira vez em mais de uma década. No verão de 2002, ela começou a trabalhar num novo disco. "Nobody's Sweetheart" saiu pela etiqueta One Little Indian em 2004 (Craig Harris, AllMusic; tradução livre do inglês).

Sisters Euclid (Featuring Sandy Dillon & Ray Majors) - 96 Tears

Cover
Banda: Sisters Euclid (Featuring Sandy Dillon & Ray Majors)
Disco: 96 Tears
Ano: 2010
Gênero: Jazz Rock, Alternative Rock
Faixas:
1. 96 Tears (R. Martinez) 2:51
2. Dead Flowers (Jagger, Richards) 5:30
3. This Is The Day (D. Van Vliet) 3:32
4. How Many More Years (C. Burnett) 5:10
5. Good Morning Heartache (Drake, Fisher, Higginbotham) 4:03
6. Oh Sweet Nuthin' (L. Reed) 5:15
7. Love That Burns (P. A. Green) 4:43
8. Move Over (J. Joplin) 4:49
9. Travellin' Light (Mundy, Young, Mercer) 4:00
10. Cars Hiss By My Window (Krieger, Densmore, Morrison, Manzarek) 4:16
11. These Arms Of Mine (O. Redding) 4:13
12. Dust Pneumonia Blues (W. Guthrie) 3:16
Créditos:
Kevin Breit: Guitar
Rob Gusevs: Keyboards
Iand DeSouza: Bass
Gary Taylor: Drums
Sandy Dillon: Vocals
Ray Majors: Guitar
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Biografia:


A biografia da banda já foi postada aqui, juntamente com o disco "John and the Sisters", de 2004.

Sisters Euclid - John and the Sisters

Cover
Banda: Sisters Euclid
Disco: John and the Sisters
Ano: 2004
Gênero: Jazz Rock, Alternative Rock
Faixas:
1. Too Damn Big (John Dickie) 4:55
2. Only One (Kevin Breit) 5:42
3. Big Bomb (Kevin Breit) 7:33
4. Treat Her Right (Kevin Breit) 1:46
5. Gun (John Dickie) 4:38
6. Bad Machine (Kevin Breit) 0:15
7. L,A (Kevin Breit) 5:34
8. ...and we touched (Kevin Breit) 0:30
9. Pralene (John Dickie) 4:33
10. Faithful (Kevin Breit) 5:06
11. A Better Way (Kevin Breit) 5:23
12. Son of a Gun (Kevin Breit) 1:00
13. Money Changes Everything (John Dickie, Kevin Breit) 3:55
14. Good Day (John Dickie, Kevin Breit) 5:30
15. Penguin Walk (John Dickie) 4:30
16. Love to Stay, Gotta Go (Kevin Breit) 7:01
Créditos:
John Dickie: Vocals
Kevin Breit: Guitar, Vocals
Gary Taylor: Drums, Vocals
Ian DeSouza: Bass
Rob Gusevs: Assorted Keyboards
Músicos convidados:
Suzie Vinnick: Vocals
Gary Breit: Clavinet
David Travers Smith: Peck Horn
Kenny Kirkwood: Assorted Woodwinds
Gordie Myers: Trombone
Bryden Baird: Trumpet
Garth Breit: Percussion
Howie Southwood: Drum Loop ("Only One")
Randall Coryell: Drum Loop ("Only One")
Calhoun Breit: Spoken Word ("Bad Machine")
Trish Van Katwyk: Spoken Word ("...and we touched")
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Biografia:
A Sisters Euclid é um quarteto jazzístico de Toronto, liderado pelo guitarrista Kevin Breit, que incorpora elementos do rock de raiz. Breit é acompanhado pelo organista Rob Gusevs, o baixista Ian DeSouza e o baterista Gary Taylor. O quarteto já se apresentou na região de Toronto, bem como no conceituado duMaurier Jazz Festival, também em Toronto, em 1999, e no Guelph Jazz Festival, na vizinha Ontário, em 2000.

1

Por mais de dois anos, a Sisters Euclid teve uma participação semanal na Orbit Room (nota minha: uma casa noturna), de Toronto, cujo co-proprietário é o guitarrista Alex Lifeson, da Rush. A banda gravou dois discos no final dos anos 90, "Green Pastors" e "All Babies Go To War", lançados pela gravadora de Breit, a Poverty Playlist (Joslyn Layne, AllMusic; tradução livre do inglês).

Beth Hart & The Ocean Of Souls - Beth Hart & The Ocean Of Souls

Cover
Banda: Beth Hart & The Ocean Of Souls
Disco: Beth Hart & The Ocean Of Souls
Ano: 1993(*)
Gênero: Blues Rock
Faixas:
1. Halfway To Heaven (2:56)
2. Just Call Me Up (3:18)
3. Can't Hear The Word (4:33)
4. Get Over It (4:21
5. Love Suffers All (3:48)
6. I Felt Him Cry (4:15)
7. Lucy In The Sky With Diamonds (3:38)
8. Am I The One (4:00)
9. It's Too Late (3:37)
10. Show Me The Way (4:50)
11. Love Thing (3:49)
12. On With The Show (4:11)
13. Keep On Goin' (4:38)    
Músicas de autoria de Beth Hart e Geoffrey Leigh Tozer.
Créditos:
Beth Harth: Vocals
Geoffrey Leight Tozer: Piano, Backing Vocals
David Kendrick: Drums
Tal Herzberg: Bass
Jimmy Khoury: Guitar
Scott Breadman: Congas
(*) CD relançado em 2009.
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Biografia:
A cantora de blues rock Beth Hart, radicada em Los Angeles, começou a tocar piano aos quatro anos, cursando, mais tarde, a escola de Artes Cênicas de Los Angeles, formando-se em canto e violoncelo. Em 1993, ela foi uma presença regular no circuito local das casas noturnas, trabalhando com o baixista Tal Herzberg e o guitarrista Jimmy Khoury; com a adição do baterista Sergio Gonzalez no início do ano seguinte, a Beth Hart Band estava completa, e, depois de assinar com a Lava Records, subsidiária da Atlantic, o grupo soltou o seu debute, "Immortal", em 1996. "Screamin' For My Supper" surgiu três anos depois.

2

Em 2003, Hart lançou "Leave The Light On", seguido de um registro duplo, CD e DVD, de "Live At Paradiso", em 2005. Em 2007, ela lançou "37 Days", vendido somente na Europa e no Japão. Na sequência, saiu "Beth Harth & The Ocean Of Souls", em 2009, pelo selo Razz Records. Em 2010, Hart lançou "My California" na Europa, posteriormente vendido nos Estados Unidos no começo de 2011.

3

Hart apareceu no final de 2011 com um disco em parceria com o famoso guitarrista Joe Bonamassa, contendo uma coleção abrasadora de covers, intitulado "Don't Explain". Em 2012, o oitavo álbum de estúdio, "Bang Bang Boom Boom". E, em 2013, Hart associou-se novamente a Bonamassa para outra coleção de covers, "Seewaw". Já "Live In Amsterdam" saiu em março do ano seguinte. (Jason Ankeny, AllMusic; tradução livre do inglês).

Joe Bonamassa - Driving Towards The Daylight

Cover
Músico: Joe Bonamassa
Disco: Driving Towards The Daylight
Ano: 2012
Gênero: Blues, Blues Rock, Classic Rock
Faixas:
1. Dislocated Boy (Joe Bonamassa) 6:38
2. Stones In My Passway (Robert Johnson) 3:56
3. Driving Towards The Daylight (Joe Bonamassa, Daniel Kortchmar) 4:49
4. Who's Been Talking? (Howlin' Wolf) 3:27
5. I Got All You Need (Willie Dixon) 3:03
6. A Place In My Heart (Bernie Mardsen) 6:47
7. Lonely Town Lonely Street (Bill Withers) 7:05
8. Heavenly Soul (Joe Bonamassa) 5:55
9. New Coat Of Paint (Tom Waits) 4:06
10. Somewhere Trouble Don't Go (Joe Bonamassa) 4:58
11. Too Much Ain't Enough Love [Featuring Jimmy Barnes] (Jimmy Barnes, Jonathan Cain, Neal Schon, Randy Jackson, Tony Brock) 5:35
Créditos:
Joe Bonamassa: Lead Vocals, Electric Guitar, Acoustic Guitar, Dobro, Mandolin, Electric 12 String Guitar, Background Vocals
Brad Whitford: Baritone Guitar (faixas 1, 2), Rhythm Guitar (faixas 3, 11), Guitar (faixas 4, 7, 9)
Arlan Schierbaum: Organ (faixas 1, 3, 4, 7, 9, 11), Piano (faixas 2, 3, 7, 10, 11), Hammond Organ (faixas 5, 6, 8, 10)
Michael Rhodes: Bass (faixas 1, 2, 3, 4, 7, 9, 11)
Anton Fig: Drums, Percussion (faixas 1, 2, 3), Shaker (faixa 7)
Doug Henthorn: Background Vocals (faixas 1, 3, 10, 11), Harmony Vocals (faixa 8)
Kevin Shirley: Toy Piano (faixa 1), Acoustic Guitar (faixa 2), Tambourine (faixas 4, 7), Guitar (faixa 6), Cowbell (faixa 10), Percussion (faixa 11)
Harrison Whitford: Electric Guitar (faixa 3)
Blondie Chaplin: Rhythm Guitar (faixas 5, 6, 8)
Carmine Rojas: Bass (faixas 5, 6, 8, 10)
Jeff Bovas and The Bovaland Brass: Horns (faixa 6)
Pat Thrall: Funky Guitar (faixa 7)
Jimmy Barnes: Lead Vocals (faixa 11)
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Biografia:

15
A biografia do músico já foi postada aqui, juntamente com o disco "A New Day Yesterday [Bonus Track]", de 2004.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

The Fuzz Brothers - Fuzz Brothers

Front
Banda: The Fuzz Brothers
Disco: Fuzz Brothers
Ano: 2007
Gênero: Alternative Rock, Hard Rock
Faixas:
1. Alien Anal (4:02)
2. Walk It Out (2:58)
3. Drag (3:14)
4. Upstate (5:32)
5. Take 'Em On (4:43)
6. Get Down (... and Cum Around) (2:59)
7. Fast Little Nowhere (3:05)
8. Little Miss Dazy May (3:18)
9. Soul Sexy Girl (8:10)
10. Like Father, Like Son (6:35)
Não se conseguiu descobrir a autoria das músicas.
Créditos:
Sam Harris: Vocals, Guitar
Casey Harris: Keyboards
Noah Feldshuh: Guitar
Luke Hutchings: Bass
Pat Paolangeli: Drums
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Biografia:
A Fuzz Brothers é (nota minha: a banda não existe mais) um quinteto roqueiro de Ithaca, New York, EUA. Seus principais compositores são o cantor Sam Harris, o tecladista Casey Harris (irmão de Sam) e o guitarrista Noah Feldshuh, amigo de infância dos Harris. Os três fundaram o grupo em 2003, e em 2005, já acompanhados do baixista Luke Hutchings e o baterista Pat Paolangeli, gravaram o disco homônimo. Casey, que é cego de nascença, entusiasma bastante a banda com seu incrível piano, enquanto a voz (uma conjunção Jeff Buckley-Mick Jagger-Chris Cornell) do seu irmão Sam impulsiona o som pra frente com uma imbatível ferocidade lírica.


Ao vivo, o grupo ilumina o palco com energia e vigor musical, poder que se reflete por todo o seu som. Tem-se falado que suas canções evocam uma mistura de rock alternativo, soul, blues, pop e punk, mas aqueles que realmente conhecem a Fuzz Brothers vão atestar que a sonoridade é única (CD Universe; tradução livre do inglês).

Burning Brides - Discografia básica

Banda: Burning Brides
Gênero: Alternative Rock, Hard Rock

 
Front
Disco: Fall Of The Plastic Empire
Ano: 2002
Faixas:
1. Plank Of Fire (3:03)
2. Glass Slipper (1:44)
3. If I'm A Man (3:41)
4. Arctic Snow (4:02)
5. At The Levity Ball (3:46)
6. Stabbed In The Back Of The Heart (2:32)
7. Rainy Days (2:48)
8. Elevator (3:08)
9. Blood On The Highway (2:47)
10. Plastic Empire (5:41)
Músicas de autoria de Dimitri Coats.
Créditos:
Dimitri Coats: Guitar, Vocals
Melanie Campbell: Bass
Mike Ambs: Drums
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Front
Disco: Leave No Ashes
Ano: 2004
Faixas:
1. Heart Full Of Black (3:15)
2. Come Alive (3:35)
3. Alternative Teenage Suicide (2:43)
4. King Of The Demimonde (5:30)
5. Century Song (3:12)
6. Dance With The Devil (4:24)
7. Leave No Ashes (3:28)
8. To Kill A Swan (4:55)
9. Pleasure In The Pain (3:55)
10. From You (2:29)
11. Last Man Standing (2:45)
12. Vampire Waltz (8:01)
Músicas de autoria de Dimitri Coats.
Créditos:
Dimitri Coats: Guitar, Vocals, Backing Vocals (faixa 2), Handclaps (faixa 3), Harmonica (faixa 9), Acoustic Guitar (faixa 10), Theremin (faixa 12), Backing Vocals (faixa 12)
Melanie Campbell: Bass, Handclaps (faixa 3), Backing Vocals (faixa 12)
Jason Kourkounis: Drums, Handclaps (faixa 3)
Roger Manning: Keyboards (faixas 4, 6, 10 e 11), Piano (faixas 2, 6, 10 e 11), Organ (faixa 10), Farfisa (faixa 12)
George Drakoulias: Percussion (faixas 1, 2, 5, 6, 8, 10 a 12), Backing Vocals (faixa 2), Clavinet (faixa 9), Acoustic Guitar (faixa 10)
Bryan Dilworth: Backing Vocals (faixa 2)
David Bianco: Backing Vocals (faixa 2), Additional Piano (faixas 6 e 12), Acoustic Guitar (faixa 10)
Robby Fraser: Backing Vocals (faixa 2)
Greg Burns: Handclaps (faixa 3)
Jon Sidel: Handclaps (faixa 3
Mickey Petralia: Handclaps (faixa 3)
Zach Kasik: Handclaps (faixa 3)
Brett Netson: Backing Vocals (faixa 12)
Keith Morris: Backing Vocals (faixa 12)
Mark Lanegan: Backing Vocals (faixa 12)
Mike Watt: Backing Vocals (faixa 12)
Molly Maguire: Backing Vocals (faixa 12)
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Front
Disco: Hang Love
Ano: 2007
Faixas:
1. Ring Around The Rosary (4:40)
2. San Diego (4:01)
3. She Comes To Me (5:56)
4. Waring Street (3:21)
5. Your Nation Will Die (4:30)
6. Unglued (6:22)
7. Poor House (4:16)
8. Feel No Shame (3:13)
9. Hang Love (4:28)
10. And I'm Free (4:43)    
Músicas de autoria de Dimitri Coats.
Créditos:
Dimitri Coats: Guitar, Vocals
Melanie Coats: Bass
Pete Beeman: Drums
Mathias Schneeberger: Fender Rhodes (faixas 4, 7 e 9)
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Front
Disco: Anhedonia
Ano: 2008
Faixas:
1. Lovesick (3:06)
2. Summer Leaves (2:00)
3. If One Of Us Goes Further (3:05)
4. Hurry Up (2:44)
5. Flesh And Bone (3:52)
6. Comfortably Dumb (2:27)
7. This Is A Wave (2:50)
8. Heavy Rocks (4:06)
9. Start Your Own Religion (1:51)
10. So What (2:43)
11. Fire Escape (2:46)
12. Flood Lights (2:38)
13. Anhedonia (4:21)
Músicas de autoria de Dimitri Coats.
Créditos:
Dimitri Coats: Guitar, Vocals
Melanie Coats: Bass
Jeff Watson: Drums
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA


Biografia:
A Burning Brides foi formada na Filadélfia, na primavera de 1999. De acordo com a biografia fornecida pela gravadora da banda, Dimitri Coats (vocal e guitarra) e sua namorada e parceira musical Melanie Campbell (baixista) saíram da escola de artes Juilliard (onde estudavam interpretação e dança, respectivamente) e passaram dois longos anos juntos, "percorrendo o país em busca de um ambiente propício às suas necessidades roqueiras". Segundo se comenta, eles viveram em San Francisco, Portland e Boston (onde Coats cresceu), antes de se estabelecerem na zona sul de Filadélfia, onde se juntaram ao baterista Mike Ambs e formaram o trio de hard rock Burning Brides.

6

A banda logo começou a arrastar multidões para seus shows locais, e os comentários a respeito de sua postura agressiva no palco começaram a se espalhar. Após uma inicial sondagem por várias gravadoras, o grupo finalmente assinou contrato com o selo local File 13, pegando depois a estrada para uma turnê pelos Estados Unidos com músicos e grupos como J Mascis, Zen Guerilla e Greenhornes, enquanto cresciam constantemente os seus fãs. Seu álbum de estréia, "Fall Of The Plastic Empire", gravado em 2000 mas lançado somente no ano seguinte, foi aclamado por várias revistas de música nacionais, que passaram a rotular a Burning Brides como uma banda de rock garageira "marginal" (nota minha: não no sentido pejorativo do termo, mas como sinônimo de independente). "Plastic Empire" foi finalmente "apanhado" pela V2 Records, e a banda botou o som pra fora através das seguintes e constantes turnês.

9

Dois anos depois, a V2 lançou o incendiário disco "Leave No Ashes", que apresentava convidados de peso, como Mike Watt e George Drakoulias. Embora os fãs e os críticos o tenham recebido com entusiasmo, o álbum nunca teve o impulso merecido por parte da gravadora, e a banda começou a ruir. Depois de sua turnê solo, Ambs deixou o trio, e os dois membros remanescentes da Brides mudaram-se para Los Angeles, casaram-se e começaram a recolocar as coisas nos eixos. Eles recrutaram um novo baterista, Pete Beeman (ex-Guzzard) e conseguiram abandonar a V2 com bastante dinheiro no bolso para financiarem o seu próximo disco. "Hang Love" foi gravado ao longo de um mês e, por fim, lançado em junho de 2007 (nota minha: a banda lançou mais um disco em 2008, "Anhedonia") (Bryan Thomas, AllMusic; tradução livre do inglês).

Born Broke - 2007

Front
Banda: Born Broke
Disco: 2007
Ano: 2007
Gênero: Blues Rock, Hard Rock
Faixas:
1. Atomic Boogie (Holbert) 3:30
2. Pick Up The Phone (Holbert) 2:55
3. Shotgun (Holbert) 2:33
4. Hippie's Lament (Holbert) 3:18
5. Low Down In The Street (Gibbons) 2:27
6. Movin' On (Hamilton) 3:50
7. So Blue (Holbert) 2:52
8. Thinkin' Music (Holbert) 3:02
9. Truckin' (Hamilton) 3:40
10. Everything's Alright (Holbert) 2:44
11. Where Have You Been (Holbert) 2:37
12. Who's To Blame (Holbert) 3:04
13. On The Highway (Holbert) 2:59
Créditos:
Jeff Holbert: Guitar, Vocals
Adam Hamilton: Bass
Spencer Wynn: Drums
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Biografia:
A banda foi formada há dez anos (nota minha: certamente não existe mais), quando o guitarrista e vocalista Jeff Holbert (25) tocava bateria em outra banda, juntamente com o baixista Adam Hamilton (26), que também empunhava a guitarra. Os dois continuaram a tocar juntos ao longo dos anos, e mudaram de instrumentos para criar um som diferente: o som da Born Broke. A banda passou por uma sucessão de bateristas, antes de encontrar o músico ideal para as baquetas: Spencer Wynn, então com 16 anos, que já havia tocado com a banda Paradoxx.

6

O trio desenvolveu uma química que solidificou o seu som, e começou a tocar em restaurantes e eventos em toda a área de Henderson County (nota minha: condado da Carolina do Norte, EUA). Hoje, a Born Broke toca com frequência no Cat Daddy’s Bar e no Grille And Hannah Flannigan’s (nota minha: em pesquisa na rede, apurou-se que o nome correto é Flanagan), na Main Street, em Hendersonville (nota minha: cidade da Carolina do Norte, EUA). A Born Broke toca o tipo de música que faz você se lembrar da época em que tudo era diversão, dança e festa, um tempo bom, enfim. A banda tem um repertório com mais de 60 músicas, que vão de covers de Johnny Cash até hard rock originais.

5

As músicas são tocadas quase sempre na sua versão original, mas o grupo possui habilidade de estendê-las em jam ocasionais, num esquema psicodélico. Ao contrário de algumas bandas, a Born Broke não muda constantemente o seu estilo, mas faz um trabalho excelente ao equilibrar as jams com as canções destituídas de improvisação. Cada músico da banda consegue tocar seu instrumento muito bem, sem descuidar da harmonia com os demais. Holbert foi, inicialmente, um baterista, e mostra isso na sua forma de manter o ritmo, sempre determinado e impulsivo. Sua guitarra solo é excepcional na medida em que tem esse caráter de enlevo, transmitido através das notas.

8

Wynn é bom demais para um baterista de 16 anos, e tem aquele “tempero”, que alguns músicos com o triplo da sua idade nunca adquiriram. Um destaque nos shows da Born Broke são os holofotes iluminando Wynn durante um solo. Mais do que qualquer outro aspecto, a coisa que torna a banda única é o baixo de Hamilton. Além de segurar o ritmo do grupo, sua forma de tocar o instrumento é envolvente, preenchendo sem descanso os espaços deixados pelos seus parceiros. Hamilton é um testemunho de que o baixo bem tocado acrescenta à música, sobretudo quando o baixista é participativo e procura o aperfeiçoamento (Tradebit; tradução livre do inglês).

sábado, 20 de setembro de 2014

The Crystal Caravan - Discografia básica

Banda: The Crystal Caravan
Gênero: Hard Rock, Stoner Rock

 
Cover
Disco: The Crystal Caravan
Ano: 2009
Faixas:
1. Between The Mountain And The Spoon (3:28)
2. Tombstone Eyes (3:09)
3. Down Under (4:23)
4. Wicked Mind (4:21)
5. Dead Inside (4:12)
6. A New Time Is Coming (3:21)
7. Train Song (3:51)
8. Flying High (Or So It Seems) (3:03)
9. Monkeyn (3:50)
10. Desert King (8:58)
Músicas de autoria da banda.   
Créditos:
Niklas "RG" Gustafsson: Vocals
Björn Lohmander: Guitar
Stefan Bränberg: Guitar
Jonas Lindsköld: Organ
Pierre Svensson: Bass
Christopher Olsson: Drums
Annika Bränberg: Percussion
Dennis Lyxzén: Backing Vocals (faixas 1, 3, 5-7, 9)
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Cover
Disco: Against The Rising Tide
Ano: 2010
Faixas:
1. We Always Lose (3:51)
2. Love And Direction (3:33)
3. Apple Hotel (5:30)
4. I'm A Stone (4:06)
5. Focus (4:23)
6. Blue Blues (3:55)
7. Take What's Yours (3:36)
8. Wrecking Ball (8:16)
Músicas de autoria da banda.
Créditos:
Niklas "RG" Gustafsson: Vocals
Björn Lohmander: Guitar
Stefan Bränberg: Guitar
Jonas Lindsköld: Organ
Pierre Svensson: Bass
Christopher Olsson: Drums
Annika Bränberg: Percussion
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA

Cover
Disco: With Them You Walk Alone
Ano: 2013
Faixas:
1. Hour Of The Wolf (5:11)
2. With Them You Walk Alone (4:27)
3. Against The Rising Tide (7:13)
4. Roses And Morphine (7:36)
5. Brick By Brick (3:57)
6. Drifting (8:39)
Músicas de autoria da banda.
Créditos:
Niklas "RG" Gustafsson: Vocals
Björn Lohmander: Guitar
Stefan Bränberg: Guitar
Pierre Svensson: Bass
Christopher Olsson: Drums
Annika Bränberg: Percussion
Lina Umeå "Magpies" Hogstrom: Vocals ("Against The Rising Tide")
https://mega.co.nz/#!s54jGKCZ!dGMsp0sEYCCvYUW0g2laENlvoU8qysRPPHYdi6MKVqA


Biografia:
A banda não se autobiografa no seu site (promete isso para breve...), tampouco na sua página no Facebook.

7

E a sua história não se encontra em lugar nenhum da web (ao menos em linguagem acessível, que ensejasse tradução para o português). Sabe-se apenas que é natural de Umeå, na Suécia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...