segunda-feira, 1 de setembro de 2014

The Oliver White Group - Control

Front
Banda: The Oliver White Group
Disco: Control
Ano: 2008
Gênero: Blues Rock
Faixas:
1. Retribution (3:42)
2. You Love Me (6:35)
3. I'll Be Your Man (3:58)
4. What's In Store (3:16)
5. Last Minute Love (5:15)
6. Troublesome Feelin (7:22)
7. Upside Down (3:47)
8. Just Can't Leave (7:36)
9. Control (4:46)
10. I Always Lose (4:36)
11. Just A Shame (3:32)
12. Mountainside (5:25)
Músicas de autoria de Oliver White, salvo "Mountainside", composta por Jonathan Daniel Donahue, Michael Lee e Wayne Michael Coyne
Créditos:
Oliver White: Guitars, Vox
Jim Choate: Bass Guitar
Mike Baysden: Drums, Vox
http://www.filesbomb.in/3udb3e4zi29f
Biografia:
Oliver White cresceu em Marietta, Oklahoma, uma pequena cidade a poucos quilômetros ao norte da divisa entre Oklahoma e Texas. Seus pais eram professores da escola local, e, além disso, seu pai era diretor da banda e sua mãe, diretora do coral. A casa dos White sempre foi enriquecida com todos os tipos de música, de Beethoven a Blood, Sweat & Tears. O pai de Oliver acabou se afastando do ensino, envolvendo-se num trabalho musical da sua igreja.

1
Esse período da infância de Oliver inclui a execução de música gospel com seus pais em igrejas por toda a região sul. Um pouco mais tarde, Oliver tocou trompete na banda da escola, mas não demorou muito para entediar-se e empunhar sua primeira guitarra. Após graduar-se na Marietta High School, ele freqüentou a faculdade na Southeastern Oklahoma State University, em Durant, Oklahoma, com a intenção de se tornar um diretor de banda, como seu pai. Não demorou muito, entretanto, para Oliver perceber que ele tinha de fazer música ao invés de ensiná-la.

2
Pouco tempo depois, ele e alguns amigos montaram uma banda de blues chamada "Little Brother", com Oliver tocando guitarra solo e cantando. Ele aprendeu os truques da guitarra antes de deixar a banda e seguir seu próprio caminho. E assim, o Oliver White Group nasceu. O OWG, como o grupo veio a ser conhecido, tem tocado muitos covers de Stevie Ray Vaughan, Chris Duarte, Buddy Guy, Ian Moore e Doyle Bramhall II. No entanto, sua verdadeira força é o material original, que é aprimorado com a combinação de blues, roots e folk moderno, desafiando os limites de qualquer gênero. Canções sobre a vida real, problemas reais, amor real e pessoas reais (MySpace; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...