quinta-feira, 5 de julho de 2018

Tin Spirits - Discografia básica

Banda: Tin Spirits
Gênero: Progressive Rock


Disco: Wired To Earth
Ano: 2012
Faixas:
1. Glimmer (3:53)
2. …And Go: I. This Fearless Minute; II. The Burn; III. …And It Ends (8:34)
3. Back In NYC (5:43)
4. Broken: I. Mr. Second Chance; II. Better Place; III. Can't Find Out (13:32)
5. Breathe Shallow: I. Chasing Shadows; II. Come To Light (6:34)
Músicas de autoria da banda, exceto "Back In NYC", composta por Genesis.
Créditos:
Doug Mussard: Drums, Vocals
Mark Kilminster: Vocals, Bass Guitar, Acousti Guitar ("Can't Find Out")
Daniel Steinhardt: Vocals, Electric & Acoustic Guitars
Dave Gregory: Electric 6 & 12 String Guitars

Disco: Scorch
Ano: 2014
Faixas:
1. Carnivore (4:41)
2. Summer Now (6:08)
3. Old Hands (7:12)
4. Binary Man (5:19)
5. Little Eyes (8:26)
6. Wrapped And Tied (5:28)
7. She Moves Among Us (3:16)
8. Garden State (15:08)
Não se conseguiu descobrir a autoria das músicas.
Créditos:
Daniel Steinhardt: Vocals, Guitars
Dave Gregory: Guitars
Mark Kilminster: Bass, Vocals
Doug Mussard: Drums, Vocals


Biografia:
A biografia da banda, que segue, em tradução livre do inglês, foi extraída do seu site.
A Tin Spirits reuniu-se, pela primeira vez, em Swindon, no Reino Unido, no verão de 2008, quando Daniel Steinhardt, da TheGigRig (nota minha: uma loja de artigos musicais, com ênfase em guitarras) convidou o antigo guitarrista da XTC (e ídolo musical) Dave Gregory para irem a um estúdio local, visando à gravação de um vídeo de comparação de amplificadores, com a banda de Dan, The Hi-Fidels, incluindo o baixista Mark Kilminster e o baterista Doug Mussard.
Todos gostaram tanto da experiência que decidiram evoluir para um estágio mais avançado e começaram a ensaiar algumas músicas desafiadoras que cresceram escutando mas que nunca tiveram a oportunidade de tocar.
A Tin Spirits logo reuniu um repertório de peso, com covers de rock progressivo norteado por guitarra, somados a algumas canções da XTC, e começou a realizar shows em 2009, alcançando resultados positivos.
Hoje, com o iminente lançamento do seu disco de estreia, 'Wired To Earth", sua estrela está em ascensão.
Dave Gregory (guitarra) foi membro da banda inglesa XTC durante 19 anos, contribuindo para os sucessos "Making Plans For Nigel", "Senses Working Overtime" e 12 álbuns de estúdio, abrangendo inclusive a alter ego da XTC, The Dukes Of Stratossphear. Ele é provavelmente mais familiar aos fãs da Marillion, em razão do seu trabalho no disco "Ice Cream Genius", de Steve Hogarth, lançado em 1996, e como integrante da legendária banda H, de Steve. Focado basicamente na música, Dave continua a trabalhar naquilo que realmente lhe interessa: recentemente, tocou em sessões da banda progressiva Big Big Train, de Bournemouth (nota minha: uma cidade do condado de Dorset, na Inglaterra), além de compor e gravar em casa músicas para o repertório da Tin Spirits – a banda, diz ele, que salvou a sua carreira musical.
Conquanto Daniel Steinhardt (guitarra, vocais) seja mais comumente associado ao site TheGigRig.com, sua reputação na Austrália propiciou-lhe tocar com alguns dos maiores artistas do país e excursionar pelo mundo todo. Dan foi guitarrista de Max Sharam por muitos anos ("Coma", uma canção de Max, foi eleita, não faz muito tempo, um dos 10 melhores singles de todos os tempos na lista da Triple J [nota minha: um grupo midiático australiano de rádio de televisão]). Seu trabalho com a empresa  TheGigRig gira em torno da elaboração de projetos sistêmicos que permitam a guitarristas atingirem o seu "potencial sonoro"; então você pode ter certeza de que a Tin Spirits encontra-se bem equipada.
Talentoso e atraente, Mark Kilminster (baixo, vocais) apresentou-se pelo mundo todo e gravou com alguns dos maiores nomes da indústria do divertimento.
Ele derrotou 20.000 candidatos para tornar-se vocalista da Stamford Amp, a banda fixa do programa de televisão "The Saturday Show", transmitido nas manhãs de sábado pela rede BBC 1, em 2001. A banda conseguiu colocar um single no Top 40 e fazer uma aparição no Proms In The Park (nota minha: festival anual de música, promovido pela BBC), no Hyde Park, em Londres. Mark é um grande fã da Marillion e tem sua foto estampada em algum site por aí.
Doug Mussard (bateria e vocal) tocou "Ringo" numa bateria Ludwig original dos Beatles (nota minha: a alusão a Ringo deve ser um trocadilho) e participou de shows ocasionais com o Mighty Quintet, de Mike d'Abo, no final dos anos 90. Considerado por muitos como o maior segredo musical mantido por Swindon (e agora o baterista favorito de Dave Gregory!), Doug toca em shows e grava com regularidade, a par de permanecer apresentando-se com Dan e Mark na Hi-Fidels.

Um comentário:

Indignaldo Silva disse...

1. Wired To Earth: Link
2. Scorch: Link

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...