terça-feira, 24 de abril de 2018

Dead Moon - In The Graveyard

Banda: Dead Moon
Disco: In The Graveyard
Ano: 1988 (*)
Gênero: Alternative Rock, Garage Rock, Punk Blues, Punk Revival
Faixas:
1. Graveyard (Fred Cole) 2:33
2. Out On A Wire (Fred Cole) 2:50
3. Can't Help Falling In Love (George Weiss, Hugo Peretti, Luigi Creatore) 1:45
4. Parchment Farm (Mose Allison) 3:35
5. Dead In The Saddle (Fred Cole) 3:43
6. Hey Joe (Public Domain) 2:58
7. Don't Burn The Fires (Fred Cole) 3:30
8. Where Did I Go Wrong (Fred Cole) 2:17
9. Remember Me (Fred Cole) 2:55
10. I Hate The Blues (Fred Cole) 2:34
Créditos:
Fred Cole: Guitar, Vocals
Toody Cole: Bass, Vocals
Andrew Loomis: Drums
Louis Samora: Drums ("Graveyard")
(*) CD lançado em 2011.

Biografia:
Trio americano de Clackamas, Oregon, a Dead Moon ficou conhecida por seu peculiar e autêntico punk garageiro. Sua música evocava imagens de desafortunados cavaleiros errantes e apaixonados lutando contra o mundo, e, embora oscilasse entre a melancolia e a agressividade, mostrava-se sempre genuína e energética.
A banda era liderada pelo casal Fred e Toody Cole. Fred começou sua duradoura carreira musical com apenas 15 anos. Muitos anos e muitas bandas mais tarde (após vivenciar experiências tão variadas como morar no Alaska, safar-se da convocação para a guerra do Vietnã e caçar ursos), a dupla formou o grupo punk Rats. Posteriormente, com a entrada do baterista Andrew Loomis, nasceu a Dead Moon, em 1987. Frequentadora assídua das estradas europeias, onde possuía um público enorme e dedicado, a banda não conseguiu a mesma popularidade nos Estados Unidos. Por quase uma década, a Dead Moon lançou LPs através da Tombstone, sua própria gravadora. Todos esses discos, lançados apenas em vinil, foram gravados na mesma máquina em que se prensou o LP contendo a versão da Kingsmen para canção "Louie Louie", em 1963.
Em 1991, o grupo principiou a relançar os LPs em CDs através da Music Maniac, na Europa, e da eMpTy, nos Estados Unidos, um trabalho que continuou no novo milênio. A Sub Pop lançou, em 2006, a retrospectiva "Echoes Of The Past", uma coleção de canções da Dead Moon escolhidas a dedo por Fred Cole. A banda separou-se abruptamente no final de 2006, mas Fred e Toody rapidamente criaram um novo grupo, chamado Pierced Arrows. O encorpado catálogo da Dead Moon teve vários relançamentos ao longo dos anos que sobrevieram à sua dispersão. Em 2015, materializou-se um disco ao vivo, inserido no volume 1 da série "Tales From The Grease Trap" e contendo um frenético show gravado em 1993 na notória casa noturna Satyricon, situada em Portland, Oregon, EUA, famosa por seus espetáculos de música punk e rock alternativo. Mais um álbum ao vivo, "What A Way To See The Old Girl Go", surgiu em abril de 2017, documentando a banda numa noitada, no mês de agosto de 1994, em outra notável casa de espetáculos punk de Portland, a X-Ray Cafe. O baterista Andrew Loomis e o guitarrista Fred Cole morreram em março de 2016 (54 anos) e novembro de 2017 (69 anos), respectivamente (Alexandra Zorn, AllMusic; tradução livre do inglês).

2 comentários:

Jaimemellorock Mello disse...

De primeira, Indignaldo! Rock n`Roll em estado bruto, vocal sensacional e melodia revoltada! Obrigado.

Indignaldo Silva disse...

Punk rock na veia, como diria a Tequila Baby. Valeu, Jaime.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...