sábado, 17 de março de 2018

Hopewell - The Curved Glass

Banda: Hopewell
Disco: The Curved Glass
Ano: 2000
Gênero: Alternative Rock, Indie Rock, Space Rock, Neo-Psychedelia
Faixas:
1. The Angel Is My Watermark (4:04)
2. In The Small Places (2:30)
3. There Is Something (3:04)
4. There Is Nothing (3:40)
5. Christmas Now (4:47)
6. Moonman (3:06)
7. Safe As Milk (6:07)
8. Lazy Day (4:59)
9. Watermark (Reprise) (5:13)
10. The Fish (4:11)
Músicas de autoria da banda.
Créditos:
Dalia Garih: Drums, Vocals
Jason Russo: Vocals, Guitar
Justin Russo: Keyboards, Vocals
Jason Merritt: Bass
Músicos adicionais:
Reno Bo: Synth Bells, Background Vocals
Gabriel Walsh: Synthesizer Prophet 6000
Grasshopser: Slide Guitar
Max Lichtenstein: Mellotron, Rhodes

Biografia:
Embora mais pesada do que a maioria das bandas de space rock, a Hopewell, de Poughkeepsie, Nova Iorque, EUA, encaixa-se confortavelmente no gênero, com guitarra pop viajante e psicodelia estrambótica. E apesar do fato de que o seu líder, Jason Russo (vocais e guitarra) integra os grupos Mercury Rev, Harmony Rockets e Golden Crickets, a Hopewell têm conseguido manter uma sonoridade própria, infiltrada apenas por ocasionais influências favoráveis da Rev.
A banda foi formada em 1993, quando Dalia Garih (bateria e vocais) e Whip (baixo) somaram-se aos irmãos Jason e Justin Russo (teclados, samples e vocais) para gravar uma série de singles de 7", lançados por várias etiquetas independentes nos anos 90. Em 1998, "Contact", o primeiro disco longo do grupo, saiu pelo selo independente Burnt Hair. Uma pequena sequência de shows veio a seguir, mas a banda interrompeu suas atividades porque os Russos saíram em turnê com a Mercury Rev para divulgar o álbum "Deserter's Songs". Durante o hiato, Whip editou um disco solo através da gravadora Black Bean Placenta.
Grande parte do ano de 1999 foi dedicado à gravação de "Curved Glass", segundo disco longo da banda, lançado pela Pariapus Records no outono e aclamado pela crítica. Sucederam-se apresentações nos festivais de Reading e de Leeds, no Reino Unido, e uma extensa turnê europeia. Para o seu terceiro álbum, a banda buscou o habilidoso produtor Dave Fridman, dos grupos Flaming Lips e Mercury Rev. Gravado no interior de Nova Iorque, "Hopewell & The Birds Of Appetite" surgiu em 2005. A despeito das mudanças de pessoal ao longo dos anos – Justin Russo caiu fora para formar seu próprio grupo em 2003 –, a Hopewell, com Jason Russo no comando, não parou de trabalhar, lançando "Not Birds" em 2006 e "Beautiful Targets" em 2007. Em 2009, a banda retornou com "Good Good Good Desperation" (Dale T. Nicholls, AllMusic; tradução livre do inglês).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...