terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Greta Van Fleet - From The Fires

Banda: Greta Van Fleet
Disco: From The Fires
Ano: 2017
Gênero: Classic Rock, Hard Rock
Faixas:
1. Safari Song (Greta Van Fleet) 3:54
2. Edge Of Darkness (Greta Van Fleet) 4:28
3. Flower Power (Greta Van Fleet) 5:12
4. A Change Is Gonna Come (Sam Cooke) 3:17
5. Highway Tune (Greta Van Fleet) 3:00
6. Meet On The Ledge (Richard Thompson) 3:49
7. Talk On The Street (Greta Van Fleet) 4:08
8. Black Smoke Rising (Greta Van Fleet) 4:19
Créditos:
Joshua Michael Kiszka: Vocals
Jacob Thomas Kiszka: Guitar
Samuel Francis Kiszka: Bass
Daniel Robert Wagner: Percussion

Biografia:
A Greta Van Fleet é um quarteto de caras bem-apessoados da geração do milênio, que não acompanha o ritmo da sua era: segue, sem arrependimentos, os anos dourados do rock clássico – mais especificamente, os anos dourados da Led Zeppelin.
Crescidos num ambiente roqueiro na cidade de Frankenmuth, em Michigan, EUA (pequena localidade conhecida pela imensa loja Bronner's Christmas Wonderland, uma feira paradisíaca de produtos natalinos, aberta o ano todo) os irmãos Kiska (sic) (os gêmeos Josh no vocal e Jake na guitarra, mais o caçula Sam no baixo) formaram a banda em 2012 com o baterista Kyle Hauck, substituído por Daniel Wagner em 2013. No início de 2014, o grupo gravou um EP ao vivo – pertinentemente intitulado "Greta Van Fleet: Live In Detroit" –, e logo a canção "Standing On" apareceu num anúncio do veículo utilitário Chevy Equinox, em Detroit. Depois a banda assinou com a gravadora Lava Records, por intermédio de Jason Flom, emplacando, no começo de 2017, a música "Highway Tune" na série de televisão Shameless, do canal Showtime, e usando-a como âncora para o EP "Black Smoke Rising".
Mais tarde, em novembro, a banda lançou o LP duplo "From The Fires", contendo quatro novas canções, que se somaram às quatro do EP editado anteriormente. Nos Estados Unidos, "From The Fires" chegou ao topo das paradas de álbuns de hard rock da Billboard,  impulsionando a banda para o sucesso global: atingiu as paradas europeias e alcançou o 4° lugar nas paradas da Nova Zelândia. Seguiram-se endossos de ícones do rock clássico, e Bob Seger, conterrâneo de Michigan, convidou o grupo para abrir uma apresentação sua, enquanto Elton John contratou-o para tocar na sua Academy Awards Party de 2018 (nota minha: é um evento beneficente, realizado após a noite de entrega do Oscar, destinado a angariar fundos para a AIDS Foundation, criada pelo veterano músico inglês). Em julho de 2018, ocorreu o lançamento de "When The Curtain Falls", o primeiro single do futuro álbum da Greta Van Fleet, ainda sem nome (Stephen Thomas Erlewine, AllMusic; tradução livre do inglês).

17 comentários:

Indignaldo Silva disse...

Link

Celso Loos disse...

Eu vi 2 videos que o UOL disponibilizou dias atrás, depois de encher as bolas deles, comparando com Plant, etc e ....... gostei não.

Possivelmente é melhor do que aquelas merdas que o Mestre tem escutado e tentado enfiar nos seus alunos kkkkkkkkk mas eu qdo não gosto do vocalista.... já era. Fico de má vontade mesmo.

Celso Loos disse...

Outra coisa,
Pobre do baterista, no meio de 3 irmãos.

Na primeira discussão de trabalho, advinha quem vai ser o primeiro a ser substituído :

Indignaldo Silva disse...

É, pode ser, talvez, quem sabe... De qualquer maneira, é melhor ouvir um clone do Robert Plant do que escutar o que "rola" por aí na grande mídia. Abraço, Celso.

Memo Herdez el Grande disse...

chingon disco, saludos desde México

Indignaldo Silva disse...

Valeu, Memo.

Abdul Rahman agung disse...

Password ?

roberto vergara disse...

Muy buena pagina para los que nos gusta el rock saludos de Peru

Jedder Magno disse...

Caro Celso Loos, acredito e defendo que todos têm o direito à opiniões como estou fazendo neste momento, e que gosto é uma coisa muito pessoal.
Com o devido respeito, só li críticas suas aqui.
Eu não conhecia a banda, ouvi na Kiss FM e me encantei. Vim pesquisar.
Sim, o jovem Josh tem a voz muito parecida com a de Plant (graças a Deus), não é um cover, a voz é dele mesmo, o estilo é muito semelhante ao Zeppelin (porque eles cultuam esses grandes mitos do rock), e te digo que todas as bandas existentes no planeta tem ou tiveram alguma influência artistica ou histórica, inclusive o próprio Zeppelin.
Eu, como um velho rockeiro, hoje com 58 anos de idade, fico extremamente feliz de ouvir uma banda dos quase anos 2020 fazendo um trabalho tão bom e cultuando o Classic Rock que ficará para a eternidade.
Rockeiro que é rockeiro de verdade não fica fazendo intriga em sites e nem fica de mimimi.
Vê se acrescenta algo de bom ao novo, nós precisamos, principalmente de talentos como desses meninos que já sou fã.
Abraços e meus respeitos.
Rock na veia, ok?

Carlysson Delavour disse...

Qual senha do arquivo?

Indignaldo Silva disse...

A senha é melofilia.

bruxo niederauer disse...

Achei ótima banda. As influências são visíveis em cada instrumento e arranjo.
Pant e cia aprovam, com certeza.

Indignaldo Silva disse...

Valeu o comentário, bruxo niederauer.

Nei Rodrigues disse...

banda fudida....minha banda "nova" preferida junto com Wolfmother

Indignaldo Silva disse...

Obrigado pelo comentário, Nei.

Alex Fernandes disse...

Gostei muito da banda realmente remete
A lembrança do Led, para um CD de início está excelente! !

Indignaldo Silva disse...

Obrigado pelo comentário, Alex.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...