sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Rebel Storm - Discografia básica

Banda: Rebel Storm
Gênero: Southern Rock


Disco: Stormin' South
Ano: 2001
Faixas:
1. Talkin' 'Bout Love (Billy Moss) 5:34
2. Mississippi Moon (Billy Moss) 4:35
3. Good Times (Billy Moss) 3:32
4. Takin' All I Can (Billy Moss, Don Swensen, Bobby Nesbitt) 2:48
5. What Your Lovin' Means (Billy Moss, Don Swensen) 4:15
6. The Way I'm Livin' (Billy Moss, Bobby Nesbitt, Don Swensen) 5:19
7. Bad Girl (Billy Moss, Arnie Markham) 4:55
8. Gatorville (Billy Moss) 5:16
9. Drinkin' Muddy Water (Troy Moss) 3:02
10. Last True Believers/Silence/A Brand New Day/She Works All Day (Billy Moss) 33:34
Créditos:
Billy Moss: Guitar, Vocals
Don Swensen: Bass, Vocals
Pat Moss: Guitar
Bobby Nesbitt: Drums
Músicos convidados:
Joe Riggio:  Guitar Solo ("Mississippi Moon", "Gatorville", "The Way I'm Livin'"), Slide Guitar ("Mississippi Moon"), Acoustic Guitar ("What Your Lovin' Means"), Harmony Leads ("Last True Believers")
Robert Lovy: Keyboards ("Last True Believers")

Disco: The Hard Away
Ano: 2003
Faixas:
1. No Settled Man (Billy Moss, Jeff Moss, Don Swensen, Bobby Nesbitt) 3:25
2. True To My Baby (Billy Moss) 3:49
3. Livin' On The Tracks (Billy Moss) 3:51
4. Midnight Travler (Billy Moss, Don Swensen) 3:56
5. A Little Lovin' (Billy Moss, Jeff Moss) 4:23
6. Firefly Lightnin' (Billy Moss) 5:06
7. True Tales Of The Black Forest (Billy Moss) 7:06
8. Gals From Mississippi (Billy Moss) 4:46
9. Treat Me Right (Billy Moss) 5:49
10. Stateline (Billy Moss) 4:54
11. Like A Fool (Billy Moss) 4:39
12. Standin' In The Rain (Billy Moss) 6:35
Créditos:
Billy Moss: Guitar, Vocals
Don Swensen: Bass, Vocals
Bobby Nesbitt: Drums
Joe Turnbull: Keyboard, Vocals
Troy Moss: Guitar
Músicos convidados:
Jeff Moss: Backing Vocals ("No Settled Man", "Livin' On The Tracks")
Joe Riggio: Acoustic Guitar ("A Little Lovin'"), Guitar Solo ("Gals From Mississippi")


Biografia:
O som da Storm Rebel tem sido descrito como uma fusão de jazz, blues e rock, com sotaque sulista, incorporando elementos de todos esses gêneros e muito mais.
As apresentações da Storm Rebel ganharam resenhas entusiasmadas nos Estados Unidos e na Europa. Dupla de guitarristas harmoniosa e abrasadora. Ritmos tensos, sólidos. Piano e órgão apaixonantes. Atrás, um acompanhamento retumbante. É um show que começa balançante e dura horas; simplesmente não para! Sua apresentação foi nomeada para o "Best Live-Act of 2002" pelos frequentadores do site alemão Rocktip, e seu primeiro CD, "Stormin' South" foi eleito o 4° álbum do ano de 2002 pelos leitores da revista Bands of Dixie, da França! A Rebel Storm é uma orgulhosa ganhadora do 2002 GRITZ Southern Music Hall of Fame Horizon Award. Sua música é ouvida de Seattle a Sydney, de Tacoma a Tóquio, e em todos os lugares no meio! O grupo é reconhecido internacionalmente como uma nova e poderosa força no universo das bandas guitarreiras, do southern rock.
Em maio de 2003, a banda lançou seu segundo CD, "The Hard Way". As críticas têm sido extraordinárias, chamando-o de "...uma obra-prima do Southern Rock", e reforçando a posição da Storm Rebel como uma banda cuja hora chegou!
Aqui estão algumas resenhas sobre o disco "Stormin' South":
"...voz perfeita..."
"...roqueiros dinâmicos..."
"o CD de estreia da Storm Rebel é imperdível" - www.home-de-rock.de
"...uma banda ultra-segura..."
"...revigorante e excepcionalmente original..."
"...a entrega da banda é impecável..."
"…guitarras matadoras..." - GRITZ Magazine (www.gritz.net) (cdbaby; tradução livre do inglês).

2 comentários:

Jaimemellorock Mello disse...

Demais!!! Os caras são ótimos!!! O moinho está girando fortemente! Agradecido, Indignaldo.

Indignaldo Silva disse...

É verdade. Pena que não são conhecidos. Ou não foram. Não sei se a banda ainda existe. Abraço, Jaime.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...