segunda-feira, 6 de março de 2017

Kilburn And The High-Roads (Featuring Ian Dury) - Handsome [Bonus Tracks]

Banda: Kilburn And The High-Roads (Featuring Ian Dury)
Disco: Handsome [Bonus Tracks]
Ano: 1999(*)
Gênero: Pub Rock, British Punk, New Wave
Faixas:
1. Rough Kids (Dury, Hardy) 2:26
2. Billy Bentley (Promenades Himself In London) [Single B-Side, 1974] [Bonus Track] (Dury, Hardy) 3:02
3. Crippled With Nerves [Single A-Side, 1975] [Bonus Track] (Dury, Hardy) 3:45
4. Huffety Puff (Dury, Hardy) 3:14
5. The Roadette Song (Dury, Hardy) 3:25
6. Pam's Moods (Dury, Hardy) 3:40
7. Broken Skin (Dury, Melvin) 2:16
8. Upminster Kid (Dury, Hardy) 5:18
9. Patience (So What?) (Dury, Hardy) 3:13
10. Father (Dury, Sinclair) 2:00
11. Thank You Mum (Dury, Melvin) 1:22
12. The Badger And The Rabbit (Dury, Hardy) 3:56
13. The Mumble Rumble And The Cocktail Rock (Dury, Hardy) 4:39
14. The Call-Up (Dury, Hardy) 4:07
15. Who's To Know? [Previously Unreleased] [Bonus Track] (Dury, Melvin) 2:18
16. Back To Blighty [Previously Unreleased] [Bonus Track] (Dury, Melvin) 4:13
17. O.K. Roland [Previously Unreleased] [Bonus Track] (Dury, Hardy) 2:55
18. Twenty Tiny Fingers [Sore Throat Mix] [Previously Unreleased] [Bonus Track] (Bennett, Tepper) 3:17
Créditos:
Ian Dury: Singer
Keith Lucas: Guitarist
Davey Payne: Saxophonist, Flautist
Roderick Melvin: Pianist, Singer ("Broken Skin", "Thank You Mum")
Charles Sinclair: Electric Bassist
David Newton-Rohoman: Drummer
(*) LP lançado originalmente em 1975.
https://thinfi.com/0eh4

Biografia:
Ian Dury nasceu no dia 12 de maio de 1942, em Harrow, Middlesex, Inglaterra, e morreu no dia 27 de março de 2000, em Londres, Inglaterra. Os rumores de que Dury teria nascido em Upminster, Essex, foram derrubados por Richard Balls, biógrafo do músico. Dury mudou-se bastante na infância; de Donegal, na Irlanda, até Mevagissey, em Cornwall, mas, com 4 anos, acabou se fixando, com sua mãe, em Cranham, Essex, uma vila grã-fina de Upminster. Em 1949, ele contraiu poliomielite, uma doença incapacitante e com alta incidência entre 1947 e 1954.
Por conta da enfermidade, Dury ficou dois anos num hospital em East Sussex, sempre rabiscando num bloco de desenho. Ele frequentou a faculdade de arte e recebeu uma bolsa para cursar a Real Academia de Arte, em Londres. A polio o deixou muito deformado, mas ele soube tirar proveito da sua deficiência. Grande parte da sua têmpera e do seu enorme senso de humor foram forjados nesse período. Em que pese sua atração pela música, sobretudo o rock & roll, Dury optou, inicialmente, pelas artes plásticas, e até os 28 anos lecionou na Escola de Arte de Canterbury. Ele começou a tocar em pubs e casas noturnas londrinas com a banda Kilburn And The High Roads, reinterpretando números de R&B e depois adicionando suas próprias e excêntricas letras em canções cheias de gírias e cantadas em meio-tom. Após a dissolução da Kilburn, os membros remanescentes formaram o grupo Blockheads, que contou, inicialmente, com Wreckless Eric, porém o lineup mais duradouro teve Dury, Chaz Jankel (guitarra e teclados), John Turnbull (guitarra), Mickey Gallagher (teclados), Davey Payne (saxofone), Charley Charles (bateria) e Norman Watt-Roy (nascido no ano de 1951, em Bombaim, Índia; baixo).
Em 1975, a Stiff Records contratou a Blockheads, considerando que a postura atrevida mas genuína de Dury representava com perfeição o estado de espírito prevalecente naquela época. O primeiro single, "Sex & Drugs & Rock 'N' Roll, virou a música de trabalho nos shows. O som satirizava a indústria fonográfica, que Dury já conhecia e analisara com perspicácia. O primeiro ⏤ e esplêndido ⏤ disco longo da Blockheads, "New Boots And Panties", recebeu críticas superlativas e permaneceu mais de um ano na parada de álbuns do Reino Unido. O humor sarcástico de Dury, a sensibilidade e o lúdrico e brilhante lirismo mostraram-se evidentes em canções como "Clever Trevor", "Billericay Dickie", "Wake Up And Make Love To Me", a encantadora e pungente "My Old Man" e a canção-tributo "Sweet Gene Vincent". O sucesso de "New Boots And Panties" deveu-se, em parte, ao fato de que as canções foram compostas ao longo de vários anos; assim, quando finalmente gravadas, não se tornou necessário rearranjá-las, porquanto já acabadas.
Dury ganhou as primeiras páginas dos tabloides e conjugou aprovação crítica e receptividade comercial através da canção "Hit Me With Your Rhythm Stick", 1° lugar nas paradas britânicas em dezembro de 1979. Os álbuns seguintes, "Do It Yourself" e "Laughter", também se mostraram arrebatadores, conquanto sem o impacto da estreia. Dury recebeu a colaboração do guitarrista Wilko Johnson, ex-Dr. Feelgood, no terceiro disco, mas, em compensação, não pôde contar com a parceria do talentoso Jankel. Ele passou então a trabalhar num contexto mais forte de jazz e funk, servindo-se da magistral seção rítmica de Sly And Robbie em "Lord Upminster", que teve, como convidado, o célebre trompetista jazzístico Don Cherry. E prosseguiram os discos requintados e polêmicos na década de 80. Dury chegou a sugerir que sua admirável canção, "Spasticus Autisticus", deveria ser adotada como a música-tema do Ano dos Deficientes, proclamado em 1981 pela ONU. Ele compôs "Profoundly In Love With Pandora" para a série televisiva "The Secret Diary Of Adrian Mole", adaptada do livro homônimo de Sue Townsend.
E gravou "4.000 Weeks Holiday" com uma banda denominada Music Students, integrada, basicamente, por Michael McEvoy (baixo e teclados), Merlin Rhys-Jones (guitarra), Jamie Talbot (saxofone) e Tag Lamche (bateria). Um primoroso single ("Very Personal") resultou dessa associação, embora não tenha alcançado as paradas. Como muitos músicos antes dele, Dury atuou em vários filmes e peças televisivas nos anos 80. No cinema, participou de "Red Ants", "The Raggedy Rawney", "Brennende Betten", "The Cook The Thief His Wife & Her Lover" (nota minha: no Brasil, "O Cozinheiro, o Ladrão, sua Mulher e o Amante"), "Judge Dredd" (nota minha: no Brasil, "O Juiz"), "The Crow: City Of Angels" (nota minha: no Brasil, "O Corvo - A Cidade dos Anjos") e "Hearts Of Fire" (nota minha: no Brasil, "Corações de Fogo"). Na televisão, apareceu em "A Jovial Crew", "The Country Wife" e "The Queen And I: A Play With Songs" (nota minha: ao que consta, Dury compôs apenas as músicas das peças, em parceria com Mickey Gallagher). Em 1989, Dury escreveu o magnífico musical "Apples", em coautoria com Mickey Gallagher, ex-membro da Blockheads (nota minha: o espetáculo rendeu o disco homônimo, lançado em 1989). Nos anos 90, ele apresentou, no Reino Unido, o programa de televisão "Metro".
E continuou excursionando, ditando seu próprio ritmo de apresentações. Embora "The Bus Driver's Prayer And Other Stories" tenha sido um retorno bem-sucedido às gravações, Dury se mostrava mais interessado agora em variar seus interesses profissionais. Ele contraiu câncer de intestino em 1996, mas respondeu positivamente à quimioterapia. E mostrou-se bem-disposto para visitar países do terceiro mundo, na condição de embaixador da boa vontade da UNICEF. O tumor, entretanto, voltou mais agressivo no encerramento de 1997. Em 1998, o músico reuniu-se com a Blockheads para gravar o disco "Mr. Love Pants", recebido calorosamente. Muitas das canções eram composições antigas, e, novamente, essa circunstância dispensou os rearranjos, tornando-as mais fidedignas. Uma música, em particular, revelou o lado afável da personalidade de Dury: "You're My Baby", composta para um dos seus jovens filhos.
O que mais o entristecia, disse Dury a respeito da sua doença, era o fato de que não poderia acompanhar o crescimento dos filhos. Embora bastante debilitado, ele continuou realizando shows com a Blockheads, sem jamais se negar a tecer comentários sobre sua enfermidade, até um mês antes de morrer, em março de 2000. Seu filho, Baxter Dury, seguindo os passos do pai, lançou seu primeiro disco, "Len Parrot's Memorial Lift", em 2002. Dury não tinha nada de santo, mas sempre foi ⏤ e continua sendo ⏤ admirado, como se observa na sua bem-acabada biografia, escrita por Richard Balls; era uma figura fascinante e um homem de muitos e diferenciados talentos. O modo como ele lidou com sua doença terminal mostrou-se digno de nota, mas, em última análise, Dury será sempre lembrado pelos seus versos em jargão urbano e o humor das originais canções do seu repertório (The Encyclopedia Of Popular Music. Compiled and edited by Colin Larkin. New York: Omnibus Press, 2007, pp. 466-7; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...