segunda-feira, 20 de março de 2017

Blackberry Smoke - Bad Luck Ain't No Crime [Bonus Tracks]

Banda: Blackberry Smoke
Disco: Bad Luck Ain't No Crime [Bonus Tracks]
Ano: 2003
Gênero: Southern Rock, Country Rock, Roots Rock
Faixas:
1. Testify (3:18)
2. Sanctified (3:20)
3. Another Chance (4:25)
4. Nothin For You (3:16)
5. Normaltown (4:39)
6. Train Rollin (4:08)
7. Angeline (4:12)
8. Sure Was Good (3:26)
9. Scare The Devil [Live] (4:19)
10. Muscadine [Live] (3:54)
11. Freeborn Man [Live] (5:42)
12. Scare The Devil Outta You [BonusTrack] (3:25)
13. Memphis Special [Bonus Track] (3:03)
Músicas de autoria da banda.
Créditos:
Charlie Starr: Vocals, Guitar
Paul Jackson: Guitar, Vocals
Richard Turner: Bass, Vocals
Brit Turner: Drums
Músicos convidados:
Marty Kerns: Organ B3
Glenn Giles: Piano

Biografia:
Baseando-se no figurino roqueiro da Lynyrd Skynyrd, com uma boa dose do inconformista country bodegueiro e algumas pitadas de bluegrass, gospel e R&B, a Blackberry Smoke (o cantor e guitarrista Charlie Starr, o guitarrista e cantor Paul Jackson, o baixista e cantor Richard Turner, o tecladista Brandon Still e o baterista Brit Turner) formou-se em Atlanta, Georgia, USA, em 2000, e rapidamente conquistou um assíduo público no cenário southern, abrindo para célebres artistas: Lynyrd Skynyrd, ZZ Top, Zac Brown Band, George Jones e outros.


O grupo lançou seu primeiro disco, "Bad Luck Ain't No Crime", em 2004, pela gravadora Cock Of The Walk Records, seguido do EP independente "New Honky Tonk Bootlegs", em 2008. Um segundo EP, "Little Piece Of Dixie", apareceu também em 2008 pelo selo Karma Records. Um disco longo, igualmente chamado "Little Piece Of Dixie", surgiu em 2009 através da etiqueta BamaJam Records. A banda então assinou com a Southern Ground Records, de Zac Brown, que editou "The Whippoorwill" em 2012. O álbum acabou distribuído pela Earache, que formalmente contratou a banda em 2013. "Leave A Scar: Live North Carolina", um luxuoso disco ao vivo, incluindo um vídeo do show, surgiu no verão de 2014.


Ainda naquele ano, a BS rescindiu com a gravadora de Brown e assinou com a Rounder para distribuição em território americano (na Europa manteve a Earache). Fazendo uma pequena pausa nas turnês, o grupo entrou em estúdio com o produtor Brendan O'Brien, saindo dali, duas semanas depois, com "Holding All The Roses", e retornando às viagens. O disco foi lançado em fevereiro de 2015 (Steve Leggett, AllMusic; tradução livre do inglês).

2 comentários:

Pink Paraffin disse...

Yay

Wesley Byrujah disse...

olá,
legal seu blog, gostei!!!
Estou colocando aqui no meu, na minha lista de blogs, se você puder fazer o mesmo agradeço desde já, abraços!!!

Espaço Prog wesleybyrujah.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...