terça-feira, 3 de janeiro de 2017

BoDeans - Love & Hope & Sex & Dreams/Joe Dirt Car

Banda: BoDeans
Gênero: Roots Rock


Disco: Love & Hope & Sex & Dreams
Ano: 1986
Faixas:
1. She's A Runaway (3:36)
2. Fadeaway (4:25)
3. Still The Night (4:02)
4. Rickshaw Riding (4:55)
5. Angels (3:35)
6. Misery (4:38)
7. The Strangest Kind (3:40)
8. Say You Will (4:04)
9. Ultimately Fine (2:18)
10. That's All (3:25)
11. Lookin' For Me Somewhere (3:02)
Músicas de autoria de Samuel Llanas e Kurt Neumann, salvo "Still The Night", composta por Samuel Llanas, Kurt Neumann e Guy Hoffman, e "Say You Will", composta por Samuel Llanas, Kurt Neumann e John Sieger.
Créditos:
Kurt Neumann: Lead Vocal, Guitar
Sam Llanas: Lead Vocal, Acoustic guitar
Guy Hoffman: Drums, Vocals (faixa 3)
Bob Griffin: Bass
Músicos adicionais:
T-Bone Burnett: Acoustic Guitar (faixas 3 e 10)
Alex Acuña: Percussion
Mitchell Froom: Organ

Disco: Joe Dirt Car
Ano: 1995
Faixas:
Disc 1
1. Idaho (5:16)
2. Say About Love (4:32)
3. Fadeaway (7:15)
4. Paradise (4:21)
5. Still The Night (4:29)
6. Feed The Fire (4:19)
7. The Ballad Of Jenny Rae (5:39)
8. Naked (5:06)
9. Closer To Free (3:30)
10. Good Things (8:59)
11. You Don't Get Much (4:49)
12. Lookin' For Me Somewhere (3:10)
Disc 2
1. Ooh (She's My Baby) (4:03)
2. Far Far Away From My Heart (5:56)
3. Black, White & Blood Red (4:37)
4. She's A Runaway (3:56)
5. Going Home (3:49)
6. Texas Ride Song (4:59)
7. True Devotion (4:30)
8. Go Slow Down (5:05)
9. Misery (5:16)
10. I'm In Trouble Again (4:14)
11. Walking After Midnight (2:55)
12. Good Work (4:41)
Músicas de autoria de Samuel Llanas e Kurt Neumann, exceto "Still The Night", composta por Samuel Llanas, Kurt Neumann e Guy Hoffman, e "Walking After Midnight", composta por Alan Block e Don Hecht.
Créditos:
Sam Llanas: Vocals, Guitar
Kurt Neumann: Vocals, Guitar
Michael Ramos: Keyboards, Piano, Organ
Bob Griffin: Bass
Nick Kitsos: Drums
Rafael Gayol: Drums
Kenny Aronoff: Drums
Gravado ao vivo em San Francisco, Milwaukee e Chicago, entre 1989 e 1994.


Biografia:
Formada em 1984 pelos amigos de colégio Sammy Llanas e Kurt Neumann, a banda americana BoDeans mistura rock tradicional do Centro-Oeste com elementos do pop adulto contemporâneo, formando um som que ganhou aclamação da crítica na década de 80 e reconhecimento comercial durante a década seguinte. 
Llanas e Neumann lideravam o grupo, compartilhando vocais e guitarras, enquanto o baixista Bob Griffin e o baterista Guy Hoffmann compunham a seção rítmica. Embora estabelecida em Waukesha, Wisconsin, a BoDeans começou a construir o seu público 20 milhas a leste, em Milwaukee, e o seu sucesso naquela cidade ajudou-a a ganhar um contrato com a Slash Records, com a produção e a distribuição dos discos a cargo da Warner Bros.
A BoDeans trabalhou com T-Bone Burnett em seu primeiro disco, "Love & Sex & Hope & Dreams", lançado em 1986, com críticas candentes. O grupo recrutou outro produtor renomado, Jerry Harrison, membro da Talking Heads, para conduzir o leme do álbum "Outside Looking In", de 1987, lançado já com a BoDeans reduzida a um trio depois da saída de Hoffman. 
"Outside Looking In" estourou no Billboard Top 100, e a banda viu sua audiência crescer após realizar uma turnê com a U2, aparecer no disco solo homônimo de Robbie Robertson e ganhar o prêmio Melhor Banda Nova da revista Rolling Stone. Quando o grupo lançou o seu terceiro disco, "Home", em 1989, o tecladista Michael Ramos e o baterista Danny Gayol já o integravam. Essa formação permaneceu inalterada para o lançamento do disco "Black And White", de 1991, mas a BoDeans ficou sem baterista, novamente, para a gravação do seu próximo álbum, "Go Slow Down".
Após o lançamento de um álbum duplo ao vivo, "Joe Dirt Car", a banda retornou em 1996 com "Blend". Na época do lançamento de "Blend", "Closer to Free" ⏤ uma canção que apareceu originalmente em "Go Slow Down", de 1993 ⏤ tornou-se um sucesso, em grande parte devido à sua exposição como a canção-tema do programa de televisão Party Of Five.  
"Closer To Free" finalmente alcançou o Top 20, transformando-se no maior hit da carreira da banda. A BoDeans estava mais popular do que nunca, mas a banda fez uma pausa no final dos anos 90, para que os seus dois líderes pudessem dedicar um tempo para as suas carreiras solos.
Em 2004, a banda foi reagrupada e assinou contrato com um novo selo, Zoe. "Resolution" foi lançado naquele ano, seguido, em 2005, por "Homebrewed: Live From The Pabst". Griffin deixou o grupo em 2006, sendo substituído por Eric Holden, que apareceu no disco de 2008, "Still". Àquela altura, a banda tinha encontrado uma nova casa, a 429 Records, e ali permaneceu alojada para o lançamento de "Mr. Sad Clown", de 2010, e "Indigo Dreams", de 2011. 
Llanas saiu em 2011, alegando "diferenças de opinião". O 11° disco de estúdio, "American Made", surgiu em 2012, através da própria gravadora da banda, Free & Alive, e foi o primeiro sob a liderança isolada de Neumann. A BoDeans excursionou exaustivamente para divulgar o álbum, e, em 2014, começou a trabalhar no novo disco de estúdio. Lançado em 2015, "I Cant Stop" apresentou um lineup diferente, ancorado por Neumann, o guitarrista e multi-instrumentista Sam Hawksley, o baixista Eric Holden e o baterista Kenny Aronoff (um respeitado músico, que tocou em vários álbuns da banda nos anos 90) (William Ruhlmann & Andrew Leahey, AllMusic; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...