segunda-feira, 26 de setembro de 2016

American Aquarium - Antique Hearts

Banda: American Aquarium
Disco: Antique Hearts
Ano: 2006
Gênero: Alternative Country, Americana
Faixas:
1. Antique Hearts (5:14)
2. Savior (3:38)
3. Anne Marie (3:34)
4. Big City (4:23)
5. California (3:57)
6. I'm Sorry I Ruined Everything (7:05)
7. Last Stand (4:05)
8. Dandelions (3:44)
9. Ain't No Use In Trying (4:38)
10. Month Full Of Sundays (7:49)
11. Telling A Lie (3:02)
12. Rosebud (4:31)
13. Lonesome Drive (4:05)
Não se conseguiu descobrir a autoria das músicas.
Créditos (prováveis):
BJ Barham: Vocals, Guitar
Ryan Johnson: Lead Guitar
Whit Wright: Pedal Steel Guitar
Zack Brown: Piano
Bill Corbin: Bass Guitar
Kevin McClain: Drums
http://twixar.me/X1x

Biografia:
A American Aquarium começou a lançar discos em 2006, influenciada por bandas como Whiskeytown e Drive-By Truckers.
Formada em Raleigh, Carolina do Norte, EUA (sede extraoficial do country alternativo), a banda gira em torno do compositor e vocalista B.J. Barham, que atua na companhia dos músicos Zack Brown (piano), Bill Corbin (baixo), Ryan Johnson (guitarra), Kevin McClain (bateria) e Whit Wright (pedal steel). Apesar de uma apertada agenda de shows, o grupo também visitou o estúdio de gravação regularmente, tendo lançado dois álbuns independentes antes de associar-se à Last Chance Records, em 2009, para o registro de "Dances For The Lonely". Chris Stamey, conterrâneo da Carolina do Norte (e ex-frontman da dB), produziu o disco, que contou com a participação de Caitlin Cary, da Whiskeytown, nos vocais.
O quarto álbum, "Small Town Hymns", de 2010, consolidou ainda mais a propensão da banda para o rústico estilo de Bruce Springsteen. 2012 mostrou-se um ano marcante para a American Aquarium, com a emissão de dois discos: o seu primeiro ao vivo, "Live In Raleigh", e o seu quinto de estúdio, o aclamado "Burn. Flicker. Die", produzido por Jason Isbell. Originalmente concebido para ser o seu canto do cisne, "Born. Flicker. Die", ao invés disso, marcou o início do período de maior sucesso da banda. Revigorado, o grupo aliou-se ao produtor Brad Cook (Megafaun) em "The Wolves", de 2015, mais voltado ao rock alternativo (Andrew Leahey, AllMusic; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...