quarta-feira, 20 de julho de 2016

Sloan - Smeared [Bonus Tracks]

Banda: Sloan
Disco: Smeared [Bonus Tracks]
Ano: 1992
Gênero: Alternative Rock, Indie Rock, Powerpop
Faixas:
1. Underwhelmed (4:43)
2. Raspberry (4:01)
3. I Am The Cancer (3:41)
4. Median Strip (3:35)
5. Take It In (3:58)
6. 500 Up (4:19)
7. Marcus Said (4:31)
8. Sugartune (3:32)
9. Left Of Centre (2:31)
10. Lemonzinger (4:11)
11. Two Seater (3:03)
12. What's There To Decide? (4:20)
13. Pretty Voice [From EP "Peppermint", 1992] [Bonus Track] (3:08)
14. Lucky For Me [From EP "Peppermint", 1992] [Bonus Track] (3:11)
15. Torn [From EP "Peppermint", 1992] [Bonus Track] (2:55)
Músicas de autoria da banda.
Créditos:
Jay Ferguson: Guitars, Vocals
Chris Murphy: Bass, Vocals, Erased Guitar
Patrick Pentland: Guitars, Vocals, Bass
Andrew Scott: Drums, Vocals, Guitar
Jennifer Pierce: Additional Vocals

Biografia:
A biografia da banda, que segue, em tradução livre do inglês, foi extraída do site Oldies, que, por sua vez, cita, como fonte primária do texto, a Encyclopedia Of Popular Music, de Colin Larkin (sob licença da editora Muze).
Essa banda canadense de rock alternativo teve como ponto de partida a Universidade de Arte Nova Escócia, em Halifax, onde Andrew Scott (nascido em 15 de novembro de 1967, em Ottawa, Ontário, Canadá; bateria) e Chris Murphy (nascido em 7 de novembro de 1968, em Charlottetown, Prince Edward Island, Canadá; baixo) uniram-se a Patrick Pentland (nascido em Newtownards, County Down, Irlanda do Norte; guitarra) e Jay Ferguson (nascido em 14 outubro de 1968, em Halifax, Nova Escócia, Canadá; guitarra e vocais).


A Sloan desenvolveu sua sonoridade misturando influências de hardcore e grunge, usando amplificadores baratos e compondo canções inteligentes. Em 1992, gravou, na casa de um amigo, em Halifax, o EP "Peppermint", lançando-o através do seu próprio selo, Murderecords. Uma performance radiante na Conferência Musical da Costa Leste canadense chamou a atenção da Geffen Records, que gostou do EP e prontamente contratou a banda. "Smeared", o primeiro disco, impressionou críticos e ouvintes com suas composições pop e seus harmoniosos vocais, contrabalançados pela pesada e agressiva guitarra de Pentland. Apesar de uma campanha promocional discreta, o álbum saiu-se bem nas rádios universitárias da América do Norte, que incluíram na sua programação a música "Underwhelmed", também lançada num EP homônimo de quatro faixas. O disco seguinte, "Twice Removed", atenuou um pouco a zoada, com efeito positivo, enfatizando as guitarras melódicas, erguidas a cintilantes alturas em "Snowsuit Sound".


A banda, em seguida, inativou-se durante um tempo, rescindindo o contrato com sua gravadora. Mas retornou em 1996, emitindo, pela Murderecords, o álbum "One Chord To Another", com uma brilhante seleção de músicas pop. Mais tarde, o disco foi relançado, mundialmente, pela EMI Records, impulsionando a Sloan a figurar como um dos principais grupos made in Canada do final dos anos 90. Sua reputação tonificou-se posteriormente mediante duas gemas powerpop: "Navy Blues" (1998) e "Between The Bridges" (1999). Com a chegada do novo milênio, grandes gravadoras lançaram "Pretty Together" e "Action Pact", este gravado sob o comando do famoso produtor Tom Rothrock, porém indicando que a genialidade autoral do quarteto já se diluíra.

7 comentários:

KDNYfm disse...

Again, another great album by a great example of Canadian Rock...my daughter has all their CDs...I've ben asking for her to bring them over for me but hasnt happened yet! Thanx for sharing!

Indignaldo Silva disse...

You're welcome. Thanks for comment.

Anônimo disse...

great blog here. any chance of a re-up on this one?

Indignaldo Silva disse...

OK, just wait a few days or less.

Indignaldo Silva disse...

New link. Thanks for notice.

Anônimo disse...

Very much appreciated! Thanks...

Indignaldo Silva disse...

You're welcome.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...