quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

JPT Scare Band - Discografia básica

Banda: JPT Scare Band
Gênero: Acid Rock, Hard Rock, Jam Bands


Disco: Sleeping Sickness
Ano: 2000
Faixas:
1. Sleeping Sickness (15:17)
2. Slow Sick Shuffle (7:13)
3. King Rat (13:18)
4. It's Too Late (5:31)
5. Acid Acetate Excursion (6:58)
6. I've Been Waiting (12:12)
7. Time To Cry (12:43)
Músicas de autoria da banda.
http://freetexthost.com/e5r3ig55z6

Disco: Past Is Prologue
Ano: 2001
Faixas:
1. Burn In Hell (8:28)
2. I've Been Waiting (8:58)
3. Wino (9:05)
4. Sleeping Sickness (13:43)
5. Time To Cry (12:59)
6. Titan's Sirens (4:36)
7. Jerry's Blues (12:50)
8. It's Too Late [Revisited] 1:22
Músicas de autoria da banda, exceto "Wino", composta por Bob Frank.
http://tinyurl.com/jakacm8

Disco: Jamm Vapour
Ano: 2007
Faixas:
1. Amazons (9:25)
2. Ramona (6:52)
3. Rainbow Bridge (7:45)
4. Right Mind (8:20)
5. Don't Count Me Out (8:31)
6. Gelo Jam (11:09)
7. Hungry For Your Love (9:36)
Músicas de autoria da banda, salvo "Hungry For Your Love", composta por Terry Swope.
https://goo.gl/c8h16E

Disco: Rumdum Daddy
Ano: 2009
Faixas:
1. You Don't Wanna Know (Terry Swope) 6:35
2. Rat Poison For The Soul (Terry Swope, Paul Grigsby) 6:11
3. Rumdum Daddy (Paul Grigsby, Terry Swope) 7:06
4. Intro/E Minor Exploration/Theme From The Monster's Holiday (JPT Scare Band) 13:51
5. I've Been Waiting (JPT Scare Band) 9:26
6. Bit Of A Minor Jam (JPT Scare Band) 9:20
7. Bookends Jam (JPT Scare Band) 5:42
http://ow.ly/WJfu8

Disco: Acid Blues Is The White Man's Burden
Ano: 2010
Faixas:
1. Long Day (Terry Swope)
2. Not My Fault (Jeff Litrell)
3. Death Letter 2001 (Son House)
4. Stone House Blues (JPT Scare Band)
5. I've Been Waiting (JPT Scare Band)
6. Acid Blues Is The White Man's Burden (JPT Scare Band)
7. Amy's Blue Day (JPT Scare Band)
http://thinfi.com/vcr


Créditos em todos os discos:
Jeff Littrell: Drums
Paul Grigsby: Bass, Vocals
Terry Swope: Guitar, Vocals


Biografia:
Considerando que no século 21 qualquer adolescente de 12 anos de idade, com um laptop e uma página no MySpace, pode fazer música e ser ouvido por milhões de estranhos, nos dias de pré-Internet artistas e bandas podiam trabalhar e promover a sua música durante anos a fio sem fugir do anonimato absoluto, pouco importando se torciam o nariz para as gravadoras. Esta é a história (entre muitos outros grupos) da JPT Scare Band, de Kansas, EUA, que foi formada em 1973 por três amigos – o vocalista e guitarrista Terry Swope, o baixista Paul Grigsby e o baterista Jeff Littrell –, que simplesmente adoravam fazer jam por horas e horas, inspirados pelo hard rock psicodélico das bandas Cream, Blue Cheer e Jimi Hendrix Experience.


Embora eles logo percebessem que a sua relação musical simbiótica era algo especial e, consequentemente, registrassem os melhores frutos do seu trabalho no gravador, a JPT Scare Band (nomeada com as iniciais dos nomes dos seus integrantes, obviamente, acrescida do assustador tamanho das suas jams de acid rock) nunca conseguiu o estrelato, permanecendo como uma devotada banda de porão. Seus informais registros em gravadores de rolo eram tão obscuros e tão pouco divulgados que, na verdade, o grupo provavelmente teria sido esquecido totalmente se não fosse um par de antropólogos de hard rock da Monster Records (nota minha: deve ser uma ironia do biógrafo com relação à obscuridade da banda, porque, vamos convir, antropólogos caçadores de talentos, a serviço de uma gravadora, não é uma coisa muito comum), que os rastreou no início dos anos 90 e reuniu suas destacadas gravações dos anos 70, lançando-as em dois discos de vinil, com edição limitada, "Acid Acetate Excursion" e "Rape Of Titan's Sirens", e posteriormente no CD "Sleeping Sickness", de 2000.


Essas edições foram muito bem recebidas e avidamente disputadas por colecionadores de hard rock dos anos 70, mas quando os membros da JPT Scare Band – ainda amigos e ainda tocando jams depois de todos esses anos, acreditem ou não – pediram para a Monster Records liberar algumas músicas novas suas, e a gravadora negou, quebrando, pouco depois, por conveniência, o contrato, o fato motivou os roqueiros a tomar as rédeas do negócio. Lançando seu próprio website e seu próprio selo, Kung Bomar, a JPT Scare Band prontamente lançou um novo disco, "Past Is Prologue", em 2002, misturando antigo e recente material – então seguidos de álbuns novos em folha, "Echoes Of The Everland" (2006) e "Jamm Vapor" (2007), com a promessa de que mais material dos anos 70 ainda estaria por vir (Eduardo Rivadavia, AllMusic; tradução livre do inglês).

4 comentários:

spunkie disse...

Sweet, Great post of a great band. Thanks

Indignaldo Silva disse...

You're welcome, spunkie.

Jayme da costa Maceió AL disse...

Novamente, parafuso minha mente. Grande, Indignaldo, abraços.

Indignaldo Silva disse...

A banda é excelente mesmo. Pena que não gravaram mais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...