quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Psychotic Aztecs - Santa Sangre

 Tapa
Banda: Psychotic Aztecs
Disco: Santa Sangre
Ano: 1999
Gênero: Latin Rock
Faixas:
1. Tierra Me Cubre (5:06)
2. Levántate (4:57)
3. Puro (3:30)
4. Cara De Picasso (4:42)
5. Nadaré (5:39)
6. Salmame (3:20)
7. Clavo De Cristo (6:02)
8. Sin Calzones (6:31)
9. Bella Maravilla (11:35)
10. Agente Secreto (4:08)
Músicas de autoria de Tito Larriva.
Créditos:
Tito Larriva: Vocals, Guitar
Steven Medina: Guitar
John Avila: Bass, Vocals
Johnny "Vatos" Hernandez: Drums, Percussion
 
Biografia:
A seguir, uma sinopse histórica da banda, realizada em 1999 (data do lançamento do seu único disco, "Santa Sangre") – e por essa razão os verbos se encontram no tempo presente; e resolveu-se preservá-los assim para ser fiel ao texto – e extraída do site da gravadora Grita! (que não existe mais), aqui reproduzida em tradução livre do espanhol e com algumas alterações motivadas por erros evidentes.
A Psychotic Aztecs é uma banda oriunda de Los Angeles, Califórnia, EUA. Seus integrantes provêm de diferentes culturas, que se uniram através da música, refletindo dessa maneira as características das cidades onde residem. Ainda que o grupo seja novo, seus membros têm um rico passado.


Aquilo que alguma vez começou como uma sessão de gravação para a Grita! Records, espontaneamente se transformou em uma banda de verdade. Foi o resultado de um entendimento musical ocorrido no estúdio de gravação, que é difícil de explicar. Quando se perguntou a Larriva a respeito, ele disse: "Logo que gravamos o primeiro tema, fiquei pensando que isso podia ter acontecido há muito tempo atrás". Porém antes tarde do que nunca.
Embora a banda cante majoritariamente em espanhol, seu objetivo é fazer música interessante para todo mundo, tanto para os latinos como para os anglo-saxões. E nesse ponto, sem dúvida, ela logrou êxito.
A primeira aparição em disco da Psychotic Aztecs foi numa coletânea do selo Grita!, chamada "Greê-Tah=Scream!", na qual o grupo contribuiu com duas músicas: a introspectiva "La Tierra Me Cubre" e uma memorável versão em espanhol da clássica "Secret Agent Man" (gravada anteriormente por Johnny Rivers, The Ventures e Devo).

5

O próximo projeto da banda é o lançamento de seu primeiro disco, que se intitulará "Santa Sangre", programado para janeiro deste ano de 1999. Seus integrantes são: a) Tito Larriva: conquanto nascido no México, Tito viveu a maior parte de sua vida nos Estados Unidos, em El Paso, Texas, e Los Angeles, Califórnia. A primeira vez que adquiriu notoriedade no cenário musical foi no começo dos anos 80, com sua primeira banda, chamada Plugz, com a qual lançou vários disco pelo seu próprio selo, Fatima Records. Mais tarde, como líder da Cruzados (Arista), compôs três singles que foram Top 5 nas paradas de rádios roqueiras dos Estados Unidos ("Motorcycle Girl", "Hanging Out In California" e "Bed Of Lies"). Recentemente, estava compondo e tocando como líder da Tito & Tarantula. Por outro lado, não apenas a música de Tito tem sido conhecida por mais de uma década senão que também sua imagem. Muitos poderão reconhecê-lo devido a suas diversas aparições nas telas, como, por exemplo, quando interpretava o líder da banda para o programa de televisão "Culture Clash", da Fox, e se recordarão também do radiohead do filme "True Stories", de David Byrne, ou o sujeito contra quem dispara Quentin Tarantino no filme "Desperado", ou talvez o vocalista da banda de vampiros em "From Dusk Till Dawn", ou mesmo o "Hammy" da série de televisão "The Pee Wee Herman Show"; agora seguramente já sabem quem é Tito.

4

Ele também compôs várias trilhas sonoras para filmes, como, por exemplo, as de "Desperado", "From Dusk Till Dawn", "Tin Cup" e "Short Stories", entre outras; b) John Avila: vocalista, multi-instrumentista, compositor e produtor, mais conhecido como o atlético e energético baixista e coprodutor da Oingo Boingo. Seus créditos também incluem trabalhos com estrelas como Steve Vai e Robby Krieger (The Doors), além da sua participação como membro da banda montada para o programa "Culture Clash" (com seus parceiros Johnny Vatos e Tito Larriva). Junto com Danny Elfman produziu todos os discos da Oingo Boingo e também realizou a mesma tarefa para bandas como Reel Big Fish (MCA), The Allstars e outras. Mais recentemente, John produziu discos dos grupos Voodoo Glow Skulls e Sol D Menta; c) Johnny "Vatos" Hernandez: por mais de 10 anos, Johnny foi o carismático baterista da Oingo Boingo, muito conhecido pelo seu cabelo moicano, suas palhaçadas no palco e sua particular maneira de tocar. Johnny também atuou em vários filmes, cabendo citar "Midnight Run", "National Lampoon's Senior Trip" e recentemente "From Dusk Till Dawn". E participava, semanalmente, junto com seus companheiros John Avila e Tito Larriva, da banda do programa de televisão "Culture Clash"; d) Steven Medina: malgrado não seja um membro fixo da banda, de alguma forma é como se fosse. O eternamente enigmático e misterioso guitarrista foi quem injetou esses aspectos da sua personalidade ao som da Aztecs. O seu aperfeiçoado estilo spaghetti western de tocar deixa todos com o queixo caído. Steven também tocou com outras bandas, como Dickies, Quick e Falcons. Igualmente trabalhou com Tito Larriva na Plugz, na  Cruzados e na trilha sonora do cultuado filme "Repo Man".

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...