segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Uncle Billy's Smokehouse - Tracks

Cover
Banda: Uncle Billy's Smokehouse
Disco: Tracks
Ano: 2006
Gênero: Jam Bands, Classic Rock
Faixas:
1. God (S. Ryan) 4:36
2. Not Today (J. Ryan) 5:32
3. Sunlight Breaks In (S. Ryan) 3:57
4. One Good Man (J. Ryan) 3:41
5. Babe (S. Ryan) 7:37
6. Takes That Much More (J. Ryan) 5:24
7. The Sweater (J. Ryan) 4:21
8. Just Like Me (S. Ryan) 6:57
9. Tracks (S. Ryan) 5:35
10. Give It Time (J. Ryan) 3:35
11. Quiet Sundays (S. Ryan) 7:26
Créditos:
Jody Ryan: Keyboards, Vocals
Sean Ryan: Guitar, Vocals
Steven "Janky Bones" Sullivan: Bass
Brad Simmons: Drums
 

Biografia:
O texto de apresentação da banda, que segue, livremente traduzido do inglês, foi retirado da sua página no MySpace.
A dupla de irmãos Ryan, o guitarrista Sean e o tecladista Jody, reviveram um som que, para muitos, andava meio sumido das bandas atuais. Armada com o incomparável Janky Bones no baixo e o indomável Brad Simmons na bateria, a Uncle Billy's Smokehouse está estourando na cena musical da Nova Inglaterra e além. Oriundo de Worcester, Massachusetts, EUA, esse quarteto roqueiro tem comido o pó da estrada nos últimos anos.

1
Fazendo shows desde Burlington, em Vermont, até a cidade de Nova Iorque, passando por Nova Orleans, a banda parece ter encontrado o caminho para o templo eterno do rock 'n' roll. O segredo do seu sucesso, ao que parece, é a a formula adotada para as composições – mistura o conteúdo e os ideais dos anos 60/70 com a agressividade e a intensidade dos tempos modernos para criar uma música que vai agarrar você pela garganta e puxá-lo para os alto-falantes assim que você aprender as malditas letras. Atualmente tocando nos bares e salões do nordeste, a Uncle Billy's Smokehouse faz uma festa em cada novo bar em que coloca os pés. 2008 foi um ano movimentado para a banda, e continuar tocando rock é a sua meta suprema, para que as oportunidades de sucesso no futuro se mostrem favoráveis.

2
Com horas e mais horas de material – são mais de 50 canções originais, além de covers, que vão de Beatles até Beastie Boys –, o grupo incendeia os seus shows e consegue transformar qualquer plateia numa furiosa máquina de chacoalhar (nota minha: no original "booty-shaking machine", expressão intraduzível). Então, se você gosta de funquear, bater os pés, levantar as mãos ou apenas jogar a cabeça para trás e ficar um pouco grogue, a Smokehouse pode satisfazer suas necessidades.

5 comentários:

Anônimo disse...

Link is dead
Reupload, please.
Thanks, Ed

Musicômano disse...

O.K., Ed. A few days and done. Cheers!

Anônimo disse...

Thanks
Ed

Anônimo disse...

Thanks, thanks, thanks.......
Ed

Anônimo disse...

Thanks, if already a bit difficult sé.entiendo control a blog of this size.
Excuse me, I did not bother.
I've just noticed that he was dead, but I
You could have taken more time to upload it. I do not mind waiting.
I'll let you know if I see someone else.
Regards, Ed

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...