segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Uncle Billy's Smokehouse - Tracks

Cover
Banda: Uncle Billy's Smokehouse
Disco: Tracks
Ano: 2006
Gênero: Jam Bands, Classic Rock
Faixas:
1. God (S. Ryan) 4:36
2. Not Today (J. Ryan) 5:32
3. Sunlight Breaks In (S. Ryan) 3:57
4. One Good Man (J. Ryan) 3:41
5. Babe (S. Ryan) 7:37
6. Takes That Much More (J. Ryan) 5:24
7. The Sweater (J. Ryan) 4:21
8. Just Like Me (S. Ryan) 6:57
9. Tracks (S. Ryan) 5:35
10. Give It Time (J. Ryan) 3:35
11. Quiet Sundays (S. Ryan) 7:26
Créditos:
Jody Ryan: Keyboards, Vocals
Sean Ryan: Guitar, Vocals
Steven "Janky Bones" Sullivan: Bass
Brad Simmons: Drums
 

Biografia:
O texto de apresentação da banda, que segue, livremente traduzido do inglês, foi retirado da sua página no MySpace.
A dupla de irmãos Ryan, o guitarrista Sean e o tecladista Jody, reviveram um som que, para muitos, andava meio sumido das bandas atuais. Armada com o incomparável Janky Bones no baixo e o indomável Brad Simmons na bateria, a Uncle Billy's Smokehouse está estourando na cena musical da Nova Inglaterra e além. Oriundo de Worcester, Massachusetts, EUA, esse quarteto roqueiro tem comido o pó da estrada nos últimos anos.

1
Fazendo shows desde Burlington, em Vermont, até a cidade de Nova Iorque, passando por Nova Orleans, a banda parece ter encontrado o caminho para o templo eterno do rock 'n' roll. O segredo do seu sucesso, ao que parece, é a a formula adotada para as composições – mistura o conteúdo e os ideais dos anos 60/70 com a agressividade e a intensidade dos tempos modernos para criar uma música que vai agarrar você pela garganta e puxá-lo para os alto-falantes assim que você aprender as malditas letras. Atualmente tocando nos bares e salões do nordeste, a Uncle Billy's Smokehouse faz uma festa em cada novo bar em que coloca os pés. 2008 foi um ano movimentado para a banda, e continuar tocando rock é a sua meta suprema, para que as oportunidades de sucesso no futuro se mostrem favoráveis.

2
Com horas e mais horas de material – são mais de 50 canções originais, além de covers, que vão de Beatles até Beastie Boys –, o grupo incendeia os seus shows e consegue transformar qualquer plateia numa furiosa máquina de chacoalhar (nota minha: no original "booty-shaking machine", expressão intraduzível). Então, se você gosta de funquear, bater os pés, levantar as mãos ou apenas jogar a cabeça para trás e ficar um pouco grogue, a Smokehouse pode satisfazer suas necessidades.

8 comentários:

Anônimo disse...

Link is dead
Reupload, please.
Thanks, Ed

Musicômano disse...

O.K., Ed. A few days and done. Cheers!

Anônimo disse...

Thanks
Ed

Musicômano disse...

You're welcome, Ed. It's done now.
Cheers.

Anônimo disse...

Thanks, thanks, thanks.......
Ed

Musicômano disse...

You're welcome again, Ed. Broken link? Ask repost. I can not monitor all postings. Cheers!

Anônimo disse...

Thanks, if already a bit difficult sé.entiendo control a blog of this size.
Excuse me, I did not bother.
I've just noticed that he was dead, but I
You could have taken more time to upload it. I do not mind waiting.
I'll let you know if I see someone else.
Regards, Ed

Musicômano disse...

O.K., Ed. And don't forget: broken link, ask repost. Cheers!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...